sexta-feira, 31 de julho de 2015

"O Brasil de Darcy Ribeiro" conquista o Prêmios TAL 2015

Divulgação

A série O Brasil de Darcy Ribeiro, uma coprodução entre a TV Brasil e a Kino TV, que estreou na emissora no dia 2 de abril de 2014, sagrou-se vencedora na noite de ontem (30), em Montevidéu, no Uruguai, do Prêmios TAL 2015, na categoria Melhor Série Documental. O evento aconteceu durante um programa de TV ao vivo, que foi transmitido para toda América Latina. A premiação busca promover e reconhecer a produção de conteúdo de qualidade nas emissoras de interesse público do continente latino-americano. As obras selecionadas concorreram em dez diferentes categorias.


Além de O Brasil de Darcy Ribeiro, a TV Brasil concorreu com outros seis programas: Os militares pela democracia (Melhor Documentário Unitário), Descalço Sobre a Terra Vermelha (Melhor Série de Ficção), Igarapé Mágico (Melhor produção Infantil), Programa Especial (Melhor produção de Relevância Social) e Caminhos da Reportagem, com os episódios “A pele negra” e “Transexual, a busca pela identidade” (Melhor programa Jornalístico). O Brasil 4D, projeto criado e desenvolvido pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) com o objetivo de oferecer informações e serviços à população, por meio da televisão aberta, digital e interativa, também foi selecionado e concorreu ao prêmio de Grande Destaque.

Com cinco episódios de 52 minutos cada, a série O Brasil de Darcy Ribeiro, dirigida pela cineasta Ana Maria Magalhães, apresenta as diversas facetas do antropólogo, educador, escritor e político que se tornou personalidade histórica brasileira. Também mostra como o menino destinado a ser um fazendeiro, em Minas Gerais, acabou se tornando um dos principais atores da construção da identidade nacional, com suas múltiplas atuações. A atração ainda o seu período de exílio na América Latina.

À época da estreia da série, a diretora Ana Maria Magalhães comentou que Darcy Ribeiro foi um intérprete do Brasil, que se dedicou a entendê-lo e a transformar o seu projeto de nação em realidade. “A pesquisa que empreendi para a realização da série me ajudou a elucidar e transmitir a admiração que a minha geração sempre teve por ele, sua produção intelectual, pensamento, vida e ações, tudo junto e misturado à criatividade e à liberdade com que se movimentava. Durante as gravações, a equipe vibrou com os depoimentos de amigos e colaboradores, e na edição, com as falas dele sobre si mesmo e sua trajetória. Realizar a série sobre Darcy Ribeiro, o Brasil em que viveu e o que sonhou, foi emocionante e instrutivo para todos os que participaram dessa jornada”, comentou ela.

Sobre Darcy Ribeiro
Darcy Ribeiro foi ministro da Educação do Governo do presidente Jãnio Quadros (1961) e chefe da Casa Civil do Governo do presidente João Goulart. Durante a ditadura militar teve seus direitos políticos cassados e foi obrigado a se exilar por alguns anos no Uruguai. Foi responsável pela criação e pelo projeto cultural do Memorial da América Latina, centro cultural, político e de lazer, inaugurado em 18 de março de 1989, no bairro da Barra Funda, em São Paulo. Foi relator do projeto de lei que deu origem a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB - lei 9394/96). O antropólogo exerceu o mandato de senador pelo Rio de Janeiro de 1991 até sua morte em 1997, anunciada por um lento processo canceroso que comoveu o Brasil. Darcy Ribeiro, sempre polêmico e ardoroso defensor de suas ideias, teve o reconhecimento e admiração até dos adversários.

HISTÓRICO PRÊMIOS TAL 2015
A votação aos indicados às categorias da premiação aconteceu até o dia 20 de julho, pela internet, e seguiu até as 23h59 do dia 29 de julho para o Prêmio Especial do Público, que foi concedido ao programa mais votado pelo Facebook entre todas as categorias.

Vencedores da premiaçãohttp://premios.tal.tv/finalistas.html

Os programas da TV Brasil que concorreram à premiação foram:

Melhor Documentário Unitário: Os militares pela democracia
Documentário alterna fatos documentais com elementos de ficção e conta a participação dos militares que lutaram pela democracia, mas tiveram sua trajetória desconsiderada pelas novas gerações.

Melhor Série Documental: Brasil de Darcy Ribeiro
A série mostra, em cinco episódios de 52 minutos, as diversas facetas dessa personalidade histórica: como o menino destinado a ser um fazendeiro, em Minas Gerais, acabou se tornando um dos principais atores da construção da identidade nacional, com suas múltiplas atuações, seja como antropólogo, educador ou político, abordando, também, seu período de exílio na América Latina.

Melhor Série de Ficção: Descalço Sobre a Terra Vermelha
A série conta, em três episódios de 52 minutos de duração, a vida do bispo emérito de São Félix do Araguaia, o catalão Dom Pedro Casaldáliga, uma figura emblemática, tanto na Espanha quanto no Brasil, por sua incansável luta em favor dos desfavorecidos da região do Mato Grosso, no Centro-Oeste brasileiro.

Melhor produção Infantil: Igarapé Mágico
Série de animação alia fauna e flora amazônica, alta tecnologia e muita imaginação com o objetivo de divertir e entreter crianças em idade pré-escolar (de 3 a 6 anos) e, ao mesmo tempo, transmitir noções de amizade, cidadania e ecossistema, tratando de temas relacionados à sustentabilidade, como lixo, poluição, importância da água, entre outros.

Melhor produção de Relevância Social: Programa Especial
Dedicado à inclusão social da pessoa com deficiência, programa trata de forma inclusiva e descontraída assuntos como mercado de trabalho, lazer, novos tratamentos, esporte, saúde, entre outros assuntos, e mostra que as pessoas com deficiência são capazes e atuantes na sociedade.

Melhor programa Jornalístico: Caminhos da Reportagem (episódio A pele negra) e (episódio Transexual, a busca pela identidade)
O Caminhos da Reportagem leva o telespectador para uma viagem pelo país e pelo mundo atrás de grandes histórias, com uma visão diferente, instigante e complexa de cada um dos assuntos escolhidos. Apresenta temas atuais e polêmicos, todos tratados com profundidade e seriedade.

Também serão premiados programas selecionados nas categorias Melhor Microprograma, Melhor produção Educativa, Melhor produção Interativa e Melhor produção Inovadora.

Prêmios TAL
Agracia as melhores produções das Televisões Públicas e Culturais da América Latina. Seu objetivo principal é posicionar internacionalmente o trabalho dos canais latino-americanos e fortalecer o vínculo dos mesmos com a sociedade. Os Prêmios TAL são coorganizados por TAL e DocMontevideo, instituições que trabalham em cooperação desde 2009.

TAL 
É a rede de Televisões Públicas e Culturais mais importante da América Latina. Uma organização sem fins lucrativos que reúne mais de 70 TVs e redes associadas que somam 283 canais em 20 países. As ações da TAL incluem intercâmbio e distribuição de conteúdos, coprodução internacional entre TVs e treinamento. Além disso, a TAL conta com um banco de conteúdos audiovisuais com mais de 8.000 títulos e uma webTV.

DocMontevideoÉ o Encontro de Documentários de Televisões Latino-americanas que se realiza durante o mês de julho no Uruguai. As atividades incluem formação, mercado, networking e exibições. Participam mais de 350 profissionais e 50 representantes de televisões. DocMontevideo, é a sede da reunião anual das TVs associadas à rede TAL.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo