terça-feira, 28 de julho de 2015

TV Cultura exibe tributo a Inezita Barroso com mais de 50 artistas

Tributo_Inezita Barroso Sala  São Paulo_Foto  jair  Magri
No dia 8 de junho, três meses após seu falecimento, Inezita Barroso foi reverenciada por mais de 50 artistas e por centenas de fãs, amigos e familiares no tributo Inezita – Quanta Saudade Você Me Traz, realizado pela TV Cultura na Sala São Paulo. Este especial inédito, com duas horas e meia de duração, será levado ao ar pela emissora no próximo domingo, dia 2 de agosto, às 21h.

Dezenas de artistas estão no programa, entre eles, Ivan Lins, Renato Teixeira, Renato Borghetti, Rick Sollo, Mococa e Paraíso, Lourenço e Lourival, Irmãs Barbosa, Divino e Donizeti, João Mulato e Douradinho, Pereira da Viola, Roberto Corrêa, Braz da Viola, Paulo Freire, Neymar Dias, Toninho Ferragutti, Bia Goes, Arismar Espírito Santo, Léa Freire e o Coral USP.
A maioria dos artistas é acompanhada pelo Regional Viola, Minha Viola, com Joãozinho (violão), Arnaldo Freitas (viola caipira), Leandro Madeira (baixo), Escurinho (percussão) e os convidados Maestro Marinho (sanfona) e Márcio (percussão). Eles formaram o grupo que esteve ao lado de Inezita nos últimos anos no programa da TV Cultura. O CoralUSP também participa de três momentos do espetáculo com cerca de 30 integrantes.
O repertório do tributo reflete a vasta obra de Inezita. Os convidados interpretam clássicos de seu cancioneiro e também algumas canções prediletas dos colegas. Ivan Lins canta com o parceiro Rafael Altério a música Bandeira do Divino, usada como referência pela artista em suas aulas de violão e canto. O instrumentista Renato Borghetti toca Laçador. Renato Teixeira traz composições preferidas de Inezita, como Tocando em Frente. O cantor Rick Sollo prepara Poeira da Estrada. Sobem ainda ao palco outros músicos, incluindo Mococa e Paraíso, Irmãs Barbosa, Neymar Dias, Toninho Ferragutti e o CoralUSP. Ao final, todos os músicos entoam o clássico Lampião de Gás.
Nas pesquisas para a produção do especial junto ao acervo de Inezita Barroso, foram recuperados e digitalizados documentos manuscritos por ela mesma para ajuda a contar sua história. O material, animado com recursos de computação gráfica, foi projetado no telão da Sala São Paulo com a narração da voz da neta de Inezita, Paula Maia.
Marcado por muita emoção, o evento traça a história da cantora e apresentadora, com a presença da filha Marta, das netas Paula e Cristina, além de sobrinhos e bisnetos. O roteiro contempla diversas facetas do legado de Inezita, incluindo a fase como musa da música folclórica na década de 1950 e 1960, sua atuação como professora, sua paixão pelos arranjos sofisticados e sua persistência em gravar a música raiz de todas as regiões brasileiras.
Inezita Barroso é celebrada não somente por sua vasta obra como intérprete, mas por ser uma das espinhas dorsais da música brasileira, como pesquisadora e divulgadora da música folclórica, de raiz e regional. A cantora faleceu no dia 08 de março de 2015, Dia Internacional da Mulher, e apenas quatro dias depois de ter completado 90 anos de vida. Esteve à frente do Viola, Minha Viola, da TV Cultura, por 34 anos, o mais antigo programa de música da TV brasileira.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo