terça-feira, 29 de setembro de 2015

HBO lança a segunda temporada de "PSI"

Divulgação/HBO

A HBO Latin America anuncia o lançamento da segunda temporada da sua série original PSI. A trama, que apresenta a história de Carlo Antonini (Emílio de Mello), médico psiquiatra, doutor em psicologia clínica e psicanalista, retorna com casos ainda mais intrigantes. Na nova temporada serão abordados temas como violência doméstica, exorcismo e sadomasoquismo. Com direção geral de Contardo Calligaris, também criador e roteirista, PSI estreia no dia 4 de outubro, às 22h. O sinal da HBO estará aberto entre os dias 2 e 4 nas operadoras participantes, o que permitirá àqueles que não são assinantes ter acesso ao primeiro episódio.
Os episódios da primeira temporada se caracterizaram pela insatisfação de Carlo em relação à rotina do consultório e pela busca contínua por casos mais interessantes. Nesta nova temporada, o médico reencontra o seu entusiasmo pela profissão e seu desejo em ser terapeuta. Após passar um ano morando na Itália, Carlo decide voltar ao Brasil ao receber o convite de um ex-paciente para ser coordenador clínico de uma ONG chamada O Abrigo, voltada aos cuidados com vítimas de violência doméstica. Porém, ele também não deixará de lado os pacientes da clínica, que agora divide com sua amiga Valentina (Claudia Ohana), assim como os casos intrigantes envolvendo detentas de um presídio feminino, adolescentes de um colégio de classe alta, uma modelo internacional e uma jovem possuída pelo demônio.
A segunda temporada de PSI conta com novos talentos, tanto na frente como por trás das câmeras. A direção geral é de Contardo Calligaris, que também assina o roteiro ao lado de Thiago Dottori, e os episódios foram dirigidos por um time que inclui Laís Bodansky, premiada pelo filme “Bicho de Sete Cabeças”; Alex Gabassi, diretor da série original HBO, “O Hipnotizador”; Tata Amaral, diretora dos premiados longas-metragens “Hoje” e “Antonia”; Rodrigo Meirelles, diretor de “A Vaga”, série exclusiva HBO e episódios da série “Som e Fúria”; e Max Calligaris, produtor associado e diretor assistente na primeira temporada de “PSI”.
No elenco, além de Emílio de Mello, como Carlo Antonini, e Claudia Ohana, no papel de Valentina, retornam também Aida Leiner, como Flavia, a ex-esposa de Carlo, Igor Armucho, como Henrique, filho de Flavia, Raul Barreto, interpretando Severino, coveiro do Cemitério da Consolação e amigo de Carlo, Victor Mendes, como Mark, filho de Carlo, Paula Picarelli, que interpreta Taís, uma promotora de justiça e ex-paciente de Carlo; e Camila Leccioli, no papel de Janaína, namorada de Henrique.
Juntam-se ao elenco principal Christiana Ubach, como Joana, uma garota com o corpo quase todo coberto por tatuagens, que tem um relacionamento com Carlo; Renato Caldas como Marinho, um livreiro especialista em obras raras; a modelo Daiane Conterato, como a modelo Ariel; Laura Neiva, que interpreta Bianca, estudante que se prostitui no colégio; e Marcello Airoldi como Miguel, um padre dominicano com formação psicanalítica.
Produzida pela HBO Latin America Originals, a segunda temporada contará com dez episódios de uma hora de duração. A produção é de Luis F. Peraza, Roberto Rios e Maria Angela de Jesus da HBO Latin America Originals, Andrea Barata Ribeiro e Bel Berlink, da O2 Filmes.
PSI é realizada integralmente com investimentos próprios da HBO Latin America.

1 Comentário:

Erika Escobedo González disse...

PSI é a nova aposta do canal HBO com mais uma série nacional. Desta vez, a série nacional de 13 episódios é baseada em Carlo Antonini, um personagem oriundo de dois romances do psicanalista Contardo Calligaris: "O Conto do Amor" e "A Mulher de Vermelho e Branco".Eu compartilho o link http://www.hbomax.tv/psi-2/ onde você pode encontrar eserie pena assistir.

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo