sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Discovery estreia Isolados no Alasca

Ray Lewis e família - Divulgação
Eles estão acima do Círculo Polar Ártico e a quase 600 quilômetros da cidade mais próxima. Cercados pela vegetação intocada de uma reserva nacional dos Estados Unidos, estão acostumados com a solidão e a companhia ocasional – e indesejada – dos ursos.

Estes ermitões são os protagonistas de ISOLADOS NO ALASCA (The Last Alaskans), série em oito episódios que o Discovery exibe a partir de segunda-feira, 12 de outubro, às 19h50. Eles confiam na caça e pesca, têm sentidos aguçados para interpretar os sinais da natureza e representam um estilo de vida em extinção: a cultura da subsistência.
Com uma hora de duração, os episódios de ISOLADOS NO ALASCA retratam a rotina real destas pessoas que ocupam uma área de sete milhões de acres – todas elas aprenderam a viver em meio à natureza, sem as regalias ou problemas urbanos; conhecem as florestas e seus perigos; sabem que a profusão de cores da paisagem paradisíaca é dominada por predadores e que, neste ecossistema complexo, são apenas minoria absoluta entre os seres vivos que buscam alimento e formas de sobrevivência.
Em 1980, o governo dos Estados Unidos proibiu a ocupação da reserva nacional, o que a transformou em uma região protegida onde vivem milhares de animais selvagens. As famílias que já viviam por lá puderam ficar; assim, restaram apenas sete cabanas ocupadas na reserva – os últimos habitantes de uma região onde, nas próximas décadas, a presença humana será nula.
ISOLADOS NO ALASCA relata a vida em quatro dessas cabanas – umas delas ocupada por uma só pessoa. Eles escolheram a reclusão e estão familiarizados com as vastas distâncias que os separam uns dos outros. Para se locomoverem, utilizam hidroaviões capazes de pousar nos rios e lagos gelados, barcos e trenós puxados por cães.
Ao documentar a rotina nas quatro cabanas, a série fornece um retrato de um estilo de vida que depende da tensão entre homem e natureza, determinante para todos os relacionamentos. A série é a narrativa fiel de uma forma de viver regida pelas forças naturais do Ártico, que em poucas décadas estará perdida na história.
A seguir, um breve perfil dos protagonistas de ISOLADOS NO ALASCA
Heimo e Edna Korth
Heimo Korth vive o Ártico ao extremo. Ainda adolescente, saiu de Wisconsin para se tornar um homem da montanha no Alasca, sem pestanejar. Excêntrico e carismático, Heimo casou-se com Edna e juntos eles criaram quatro filhas a quase 600 quilômetros da civilização. Hoje, apenas o casal permanece na reserva, sobrevivendo com as memórias de toda uma vida construída no mundo onde os principais desafios são "manter a mente sã e sobreviver."
Ray Lewis e família
Pai, marido e herói da reserva, Ray Lewis cresceu na região rural de Michigan. Ele tem a capacidade de interpretar os sinais da natureza e ser mais esperto que a presa – seus métodos de caça são os mais simples e até mesmo rudimentares. A regra de ouro dele é nunca confiar em nada que dependa de bateria para funcionar. Durante os 30 anos em que vive na reserva, ele e sua esposa, Cindy, criaram três filhas, que hoje são adolescentes – a própria Cindy ministrou aulas do ensino fundamental para elas. A família está diante de uma mudança: as meninas se preparam para viver fora da reserva e encontrar o próprio caminho.
Bob Harte
Bob Harte é famoso no Alasca por sobreviver a diversos encontros com morte: ataques de animais selvagens, ferimentos a bala, incêndios, pousos forçados com o avião, entre outros acontecimentos trágicos. Nascido em Nova Jersey e motivado pelo "desejo de ir para onde eu quiser, de viver livre e ter uma vida que amo," Bob foi para o Alasca logo depois que de sair da faculdade. Ele passou os últimos 40 anos vivendo em isolamento – durante algum tempo teve a companhia da filha e da ex-mulher, mas hoje vive só. Um rebelde que vive por suas próprias regras, Bob fabrica cerveja e é apaixonado por seus cães.

Tyler e Ashley Selden
Decidido a abandonar a vida urbana e a mudar para a tundra depois de ouvir sobre o famoso Heimo Korth, os Seldens se aventuraram no Alasca apenas dois dias depois do casamento. Na época, o casal era muito jovem e completamente despreparado. Hoje, os Seldens admitem que sobreviveram na base da tentativa e erro, e assim aprenderam a dura realidade da vida na natureza selvagem. O casal rejeita a maioria das tecnologias mecanizadas, e utiliza um trenó puxado por cães para percorrer centenas de quilômetros durante o rigoroso inverno.
A série começa com as famílias retornando à reserva. Durante o verão, os habitantes costumam ficar na cidade para escapar das nuvens de mosquitos.
Bob retorna para a cabana e descobre que ela foi invadida por um urso. O animal levou quase toda comida e destruiu galões de combustível usado no barco. Agora, Bob precisa fazer uma viagem para a cidade em busca dos suprimentos. Ray e Cindy Lewis explicam como é viver na reserva e como eles criaram as três filhas na natureza selvagem – a família também acaba de retornar da cidade depois de passar o verão fora da reserva. Todos os dias, os Lewis enchem dois toneis de água no rio mais próximo, para utilizar na casa. Heimo conta o que o faz ser a lenda do Ártico e Edna revela a trágica história da família.Todos se preparam para o inverno que em breve transformará a paisagem e mudará os hábitos de todas as criaturas do Alasca.
ISOLADOS NO ALASCA é produzido pela Half Yard Productions. John Jones, Abby Greensfelder, e Sean Gallagher são produtores executivos. Para Discovery Networks, Keith Hoffman é o produtor executivo, e Sarah Russell é a produtora associada. Ainda da parte da Discovery, Kurt Tondorf é responsável pelo desenvolvimento da série.
SERVIÇO
ISOLADOS NO ALASCA (The Last Alaskans)
Estreia: segunda-feira, 12 de outubro, às 19h50
Classificação indicativa: 14 anos

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo