terça-feira, 29 de dezembro de 2015

“Homem Cueca”, de Felipe Xavier, ganha animação na tela da Band

Divulgação

A partir do dia 4 de janeiro, o Homem Cueca- criação do humorista Felipe Xavier - pula das ondas do rádio para a tela da Band, ganhando vida nova em uma animação inédita.


A emissora levará ao ar 26 episódios, cada um deles com dois minutos de duração, de segunda a sexta, às 22h15, antes de Os Simpsons. A iniciativa de exibir uma animação 100% brasileira voltada para o público adulto no horário nobre da televisão aberta é inédita.

O personagem é um super-herói da periferia que tem como único super poder aparecer e desaparecer assim que é chamado. Sem um tostão no bolso, ele cobra R$ 100 “mais o dinheiro do busão” por seus serviços. Mulherengo e preguiçoso, ele é casado com a Mulher Calcinha. O único filho deles, o pequeno Menino Fralda, é o oposto do pai. Bom aluno, ele quer estudar e fugir das enrascadas da família desajustada para “ser alguém na vida”.

“Os 26 episódios são a síntese desse personagem politicamente incorreto. Depois de ter criado mais de 600 histórias ao longo de 12 anos, a animação só traz o melhor do Homem Cueca”, diz Felipe Xavier, que já trabalha na segunda fase do projeto. O humorista quer produzir uma nova leva de episódios mais longos, com trinta minutos de duração.

“Ele é um super-herói brasileiro: pega ônibus, enfrenta filas, recebe Bolsa Família. Está sempre querendo tirar vantagem de alguma situação. Acho que é por isso que as pessoas gostam tanto do personagem. Elas se identificam com esse mundo nu e cru da nossa realidade dentro de histórias lúdicas”, finaliza o humorista.

A animação Homem Cueca, uma co-produção da Band com a Galáxia Filmes, conta com investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), da ANCINE.

Sobre Felipe Xavier

Felipe começou sua carreira no rádio em 1991, criando e produzindo esquetes de humor. Em 1999, criou o Chuchu Beleza e o levou para a Rede Jovem Pan FM - onde ficou por dois anos - e depois para a Rádio MIX, por nove anos. Em 2009, retornou para a Rede Jovem Pan FM e diversas outras emissoras no Brasil. Desde 1999 são criadas semanalmente seis esquetes de 2 minutos, veiculadas 10 vezes ao dia, 365 dias no ano.

O Chuchu Beleza tem mais de 4.000 roteiros produzidos e veiculados no rádio. O Homem Cueca sozinho tem mais de 600 histórias gravadas e veiculadas.

O Chuchu Beleza hoje é levado ao ar em 77 emissoras de rádio (56 da rede Jovem Pan FM e 21 rádios independentes) em 2.160 cidades para 35 milhões de ouvintes por minuto, 103 milhões de ouvintes em potencial.

Felipe, durante todo esse período de produção ininterrupta, ainda contribuiu para as programações de emissoras como MTV Brasil, Band, Rede 21, TV Gazeta, Sony e Sony Spin.

Na segunda metade da década de 90, foi premiado como Melhor Programa de Rádio pelo inesquecível ”Sobrinhos do Ataíde” pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Recebeu ainda o Prêmio Lâmpada de Prata, na categoria Filmes - Melhor Campanha Publicitária, da Associação Brasileira de Propaganda (ABP).

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo