sexta-feira, 8 de abril de 2016

Animal Planet estreia Instinto de Sobrevivência

Cena da série Instinto de Sobrevivência - Divulgação
A natureza selvagem não dá chance para distrações – sempre haverá um predador à espreita, esperando a hora certa de matar para viver. A partir de segunda-feira, 18 de abril, às 22h20, o Animal Planet viaja o mundo para documentar as relações entre presas e seus algozes, com a exibição da nova série INSTINTO DE SOBREVIVÊNCIA (Race to Life).

Em 13 episódios de meia hora, sendo dois exibidos em sequência a cada semana, a produção parte de conceitos do Evolucionismo para registrar embates selvagens em diferentes ecossistemas. Nos desertos e oceanos; nos vales cobertos por neve, em pântanos, florestas e também na savana – em todas as partes do planeta acontecem, neste instante, incontáveis batalhas que testam a eficácia de atributos fisiológicos e comportamentais das espécies.
As câmeras percorrem os continentes e documentam em detalhes os momentos cruciais no quais a perpetuação da linhagem é colocada em jogo. Reconstituições computadorizadas ajudam a entender como as adaptações funcionam no momento da caçada: meios de detecção, perseguição, camuflagem e estratégias engenhosas de fuga que se converteram em características biológicas ao longo dos milhões de anos do processo evolutivo.
Da ação precisa dos caçadores mais temidos – tubarões, leões, tigres, crocodilos –, a cenas noturnas que captam revoadas de morcegos – enquanto eles fogem de cobras e caçam mariposas –, INSTINTO DE SOBREVIVÊNCIA mostra que, nesses habitats selvagens, não há um só animal que esteja completamente a salvo.
Na dicotomia entre vida e morte, as dinâmicas do mundo selvagem moldam a evolução das espécies. De um lado, a gazela precisa correr o mais rápido que sua anatomia permitir; do outro, a leoa busca o alimento para salvar seus filhotes, sob o risco de ver seus descendentes perecerem.
INSTINTO DE SOBREVIVÊNCIA mostra como atenção, agilidade e adaptação – e uma certa ajuda do acaso – definem qual animal continuará a povoar o planeta. A seguir, as descrições dos três primeiros episódios da série.
EPISÓDIO 1
A estreia da série destaca as adaptações e o processo evolutivo. Diante da competição entre espécies, os animais desenvolvem maneiras de sair à frente na busca por água, alimento e território que, ao longo do tempo, se transformam em características primordiais de seus descendentes. Crocodilos, baleias, tubarões, morcegos e ornitorrincos estão as estrelas do episódio.
EPISÓDIO 2
Este episódio transporta o telespectador para o mundo de velocidade e agilidade dos grandes felinos. Símbolos da eficiência dos predadores, eles desenvolveram métodos oportunistas de caça – sabem exatamente a hora de atacar e conseguem abater animais de grande porte com mordidas certeiras. Enquanto isso, antílopes zebras, girafas e as demais presas demonstram suas próprias artimanhas e características que representam a única chance de sobrevivência. Leões, leopardos, tigres e guepardos são alguns dos animais que fazem parte do episódio.
EPISÓDIO 3
Inóspitos e extremos, os desertos abrigam espécies com adaptações que as ajudam a enfrentar o calor e a escassez. Lagartos, escorpiões, besouros e serpentes têm suas próprias estratégias para encontrar água e alimento. Além disso, seus corpos estão adaptados às temperaturas altas do dia e geladas da noite. Cavar buracos e tocas para se esconder do sol, caminhar longas distâncias para encontrar fontes de água e viver à base de goles semanais – estes estão entre mecanismos de sobrevivência que algumas espécies do deserto desenvolveram, enquanto se esquivam de predadores tão famintos quanto elas próprias.
SERVIÇO
INSTINTO DE SOBREVIVÊNCIA (Race to Life)
Estreia: segunda-feira, 18 de abril, às 22h20
Classificação indicativa: 12 anos

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo