terça-feira, 14 de junho de 2016

Documentário sobre Dorina Nowill estreia em junho no Max


HBO anuncia a estreia de Dorina – Olhar para o Mundo, o primeiro documentário brasileiro exclusivo para o canal MAX, no dia 21 de junho às 23h, com audiodescrição. Produzido pela Girafa Filmes, Dezenove Som e Imagem e Mil Folhas, o longa-metragem conta a impressionante história, tanto pessoal, quanto social e política, de Dorina Nowill, grande pioneira na luta pela educação e inclusão das pessoas com deficiência visual no Brasil e no mundo.

Após a estreia na televisão, o conteúdo também estará disponível gratuitamente na aba Experimente da plataforma HBO GO (www.hbogo.com.br) e no HBO On Demand por meio do NOW na pasta Programas de TV > HBO.
Dorina perdeu a visão aos 17 anos. Porém, o desejo dela em realizar ações em prol das pessoas cegas ou com baixa visão superou qualquer adversidade e a incentivaram a buscar os direitos e melhoria de vida deles. Por isso, retomou os estudos para se formar como professora no Colégio Caetano de Campos, onde foi a primeira aluna com deficiência visual. E junto a um grupo de alunas criou o “Curso de Especialização para Educação de Cegos”.
Em 1946, criou a Fundação para o Livro do Cego no Brasil e foi a responsável por trazer a primeira imprensa braille do país para que tivessem mais acesso à leitura e à educação. Neste mesmo ano, conseguiu uma bolsa de estudos nos Estados Unidos para se especializar em educação de cegos. Nesta viagem conheceu o marido Alexander Nowill, com quem teve 5 filhos.
De volta ao Brasil, Dorina viajou o país pela Campanha Nacional de Educação e Reabilitação dos Deficientes Visuais, acompanhando a instalação de instituições especializadas. Também comandou as ações de desenvolvimento de métodos de reabilitação e novas tecnologias. Lutou pelos avanços científicos acerca da visão sub-normal. E presidiu comitês internacionais e conselhos em prol da melhoria de vida das pessoas com deficiência visual.
Em sua gestão junto ao Ministério da Educação, ela conseguiu que fossem criados serviços de educação para pessoas cegas ou com baixa visão em todo o Brasil e lutou para a aprovação de resoluções para abrir as portas do mercado de trabalho para os deficientes visuais, além de várias iniciativas na área de prevenção e saúde.
Dorina Nowill conquistou importantes avanços nos âmbitos da educação, saúde e trabalho para as pessoas com deficiência visual, como também foi presidente do Conselho Mundial dos Cegos e discursou na Assembleia Geral da ONU em 1981. Ela faleceu em 2010, aos 91 anos, deixando um vasto legado de inclusão que merece ser conhecido e admirado.
O projeto foi idealizado pela neta de Dorina, a atriz Martha Nowill, e levou cerca de um ano e meio para ser realizado. Entre os entrevistados estão a família Nowill, integrantes da Fundação Dorina, pessoas que tiveram a oportunidade de trabalhar e estudar com ela e o cartunista Mauricio de Sousa, que criou a personagem Dorinha, também deficiente visual, em sua homenagem.
Dorina – Olhar Para o Mundo tem direção de Lina Chamie, que também assina o roteiro junto a Martha Nowill. O documentário, realizado com recursos da Condecine – Artigo 39, é produzido por Roberto Rios, Maria Angela de Jesus, Paula Belchior e Patricia Carvalho da HBO Latin America Originals, e Martha Nowill da Mil Folhas, Lina Chamie da Girafa Filmes e Sara Silveira da Dezenove Som e Imagem. 
Os canais MAX pertencem ao grupo HBO/MAX com programação para 3 canais diferentes: MAX, MAX PRIME e MAX UP. O MAX oferece o melhor do cinema, séries e documentários independentes internacionais. O MAX UP é o canal com conteúdo jovem para toda a familia, onde o principal objetivo é divertir, enquanto o MAX Prime oferece adrenalina e aventura através de filmes de sucesso e séries originais como BansheeStrikeback e Hell on Wheels.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo