quinta-feira, 16 de junho de 2016

Pedro Cardoso fala a Danilo Gentili: “Nunca tive uma carreira de ator relevante na televisão”

Pedro Cardoso e Danilo Gentili (Crédito: Lourival Ribeiro/SBT)
Danilo Gentili recebe o ator e roteirista Pedro Cardoso no The Noite desta quinta, 16 de junho. Ele relembra na entrevista momentos que marcaram o início de sua carreira, fala sobre Agostinho, seu personagem mais marcante na televisão e os projetos atuais. Pedro fala também sobre suas duas peças em cartaz, “O Homem Primitivo” e “O Auto Falante”. “Não costumo comemorar quando a crítica gosta, porque não quero depois lamentar quando desgosta”, diz ele sobre a boa repercussão da primeira.


Confira as melhores frases da entrevista:

·         Eu tenho mais problemas com paparazzi do que com fãs. Eu saio correndo atrás, taco pedra, fico completamente fora de mim. Acho um abuso, uma falta de respeito.

·         Eu já processei uns 15 (paparazzi). Não ganhei nenhum. O juiz fala que pessoa pública não tem vida particular. Se fosse ele, ele iria querer ter a vida particular dele.

·         Me chamam muito de Agostinho e me chamam de um jeito engraçado, porque eles falam "Seu Agostinho". Eu não me incomodo, as pessoas falam com tanto amor.

·         “A Grande Família” passava para 60 milhões de pessoas. Eu vou ter que fazer muito teatro para chegar lá.

·         Eu cheguei no Brasil de viagem e peguei o Uber. O motorista quis tirar uma foto, mas eu não podia porque iria tomar partido involuntariamente.

·         Agostinho certamente estaria no Uber ou faria uma empresa para competir com ele.

·         Tive muito pouca oportunidade em televisão. O Agostinho eu pedi para fazer. Nunca tive uma carreira de ator relevante na televisão.

·         Escrevi uns 15 anos como roteirista, só depois consegui atuar. Dá dinheiro ser ator, roteirista não faz publicidade.

·         A gente eventualmente ganha bem, é verdade. Tem muito dinheiro nesse negócio. De vez em quando ele passa pela sua mão e você pega algum. Mas não conheço um ator milionário. Vejo ator de 70 anos que tem que trabalhar.

·         O artista não é uma pessoa livre. Sobre o artista pesa a mesma opressão que pesa em qualquer regime de trabalho.

·         Trabalhar de graça para o Google, não quero. Sinto que a gente trabalha muito de graça na internet. Tenho desconfiança quando é dada uma oportunidade tão maravilhosa de graça. Acho que eles ganham fortunas.

E mais: No quadro “Detetive de Crianças”, Danilo Gentili ajudará o menino Dudu a se livrar do "Com Quem Será" em sua festa de aniversário. Com um disfarce de palhaço, o Detetive Danilo se infiltrará na festa para entrevistar os pequenos convidados e impedir que Dudu saia constrangido da comemoração.

O The Noite com Danilo Gentili vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir da meia noite, no SBT. 

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo