segunda-feira, 20 de março de 2017

Danilo Gentili recebe Jair Bolsonaro nesta segunda

Bolsonaro e Danilo durante entrevista (Crédito: Gabriel Cardoso/SBT)
No programa desta segunda, 20 de março, Danilo Gentili recebe o Deputado Jair Bolsonaro. Ele fala sobre a possibilidade de se candidatar à presidência em 2018 e é confrontado por Danilo sobre os temas que pretende tratar em seu plano de governo eoutras polêmicas envolvendo seu nome, como no começo do ano, quando fotografaram uma conversa de whatsapp entre ele e seu filho. Bolsonaro fala ainda sobre a exploração do nióbio no Brasil e afirma também que não se incomoda em ser imitado por humoristas: “mando até sugestões de piadas para eles”, diz.


Confira as melhores frases da entrevista:

·         Se eu processar qualquer parlamentar por qualquer palavra dentro da câmara, eu estou dizendo para eles que eles podem processar também. Porque eu me escudo na imunidade parlamentar. Não é foro privilegiado ou outra história. Diferentemente de três ministros do supremo, eu respeito a constituição brasileira. Artigo 53: nós somos invioláveis por quaisquer palavras ou opiniões.

·         Todos nós queremos evoluir. Pela idade que eu tenho, eu pretendo vir candidato (à presidência em 2018).

·         Eu dou matéria, então o pessoal vai atrás. Comecei a me preparar para não ser mais “bateu, levou”. Tanto é que de um ano para cá eu não tive mais problema com a mídia. Continuo sendo contundente, vocês continuam me procurando, mas temos um outro propósito. Tenho viajado pelo Brasil todo para me preparar para o pleite de 2018.

·         Primeiro você tem que dar um cavalo de pau na Política de Direitos Humanos. Não dá para tratar o bandido como excluído da sociedade, uma vítima. Você tem que, num primeiro momento, aprovar um excludente de ilicitude não só para ações policiais.

·         A violência, você combate com violência. Se o vagabundo tá com uma 380, você tem que estar com um fuzil. Se ele está com fuzil, você tem que estar com uma bazuca ou tanque de guerra. Não é com beijinho e paz e amor. Essa do politicamente correto já deu o que tinha que dar. Muito importante também é a revogação do estatuto do desarmamento.

·         Corrupção está incrustada em qualquer partido. E a questão ideológica é muito mais grave no PT. Eu fui a favor do impeachment e ficamos livres um pouquinho da questão ideológica.

·         Se o Lula conseguir vir candidato, ele tem tudo para ir para o segundo turno.

·         A esquerda é especialista em tirar proveito da situação. Vão tirar proveito da reforma da previdência. O Brasil vai continuar afundando economicamente. O Lula vai pregar para uma massa que não consegue assimilar informações. Ele vai tirar proveito da situação econômica que ele mesmo criou.

·         Lógico que existe uma diferença entre eu e o (Donald) Trump muito grande. Eu sou mais rico do que ele (risos). No resto, nós temos o pensamento muito parecido. Eu estive em Roraima e vi a questão desordenada de venezuelanos: prostituição, violência, os hospitais públicos todos lotados de venezuelanos. Tem um projeto em Brasília para escancarar as portas do Brasil para o mundo todo. Vai transformar num inferno o nosso país. Assim como muita gente boa vem para cá, vem bandido.

·         Bote na mesma sala: eu, Lula e Dilma. Aplique-nos a prova do ENEM. Se eu não tirar uma nota maior do que as dois juntos, eu não estou preparado (para a presidência).

·         Olha o tempo verbal: “votaria”. Ele (Lula) não concorreu com FHC, concorreu com Serra. Em partes acreditava sim, confesso para você, não vou negar. (Sobre acreditar na honestidade de Lula após assistir um vídeo antigo onde dizia que votaria nele)


O The Noite com Danilo Gentili vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir da meia noite, no SBT. 

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo