segunda-feira, 22 de maio de 2017

"Jikulumessu" é a nova novela angolana que a TV Brasil estreia nesta quinta

Divulgação

No Dia da África, celebrado em 25 de maio, a TV Brasil estreia, às 20h30, Jikulumessu, segunda novela do continente a ser exibida no país.


A produção angolana, que foi indicada ao Emmy Internacional de melhor novela e eleita pela Academia Internacional de Televisão como uma das quatro melhores do mundo em 2015, vai ao ar de segunda a sexta, às 20h30.

A primeira obra de dramaturgia africana exibida na televisão brasileira foi Windeck, trama angola que ficou no ar entre novembro de 2014 e abril de 2015 também pela TV Brasil.

O elencde Jikulumessu tem como uma das estrelas a atriz Heloísa Jorge, no papel de Djamila Pereira, na segunda fase da história. A personagem faz par romântico com o protagonista Joel Kapala. A artista angolana radicada no Brasil participou recentemente da novela "A Lei do Amor", no papel de Laura.

Produzida pela Semba Comunicação em 2014, a ideia original e a direção de Jikulumessu são de Coréon Dú. A trama acompanha a trajetória de Joel Kapala, um jovem de 17 anos e de origem humilde que é admitido em uma escola tradicional de Luanda onde sofre bullying de colegas e até de professores. Após ser acusado injustamente de agressão a uma colega, Joel é expulso do colégio. É quando ele parte para Nova Iorque em busca de sonhos, até voltar para se vingar daqueles que lhe fizeram mal.

Jikulumessu causou polêmica quando foi exibida em Angola, em 2015, por mostrar a primeira cena de beijo entre dois homens. Na época, o canal público TPA tirou a novela do ar por uma semana. No mesmo ano, a trama foi exibida em Portugal na emissora pública RTP.

Com um elenco formado por astros da dramaturgia angolana, a novela se divide em dois momentos. O primeiro se passa em 1998, quando o jovem Joel deixa Lubango, cidade do interior de Angola, rumo a uma conceituada instituição de ensino da capital onde é perseguido por outros alunos e até por professores. Expulso da escola após uma armação, ele parte para os Estados Unidos.

A segunda fase da produção dramatúrgica se passa 16 anos mais tarde, em 2014, quando Joel volta a Luanda com o objetivo de se vingar daqueles que lhe prejudicaram no passado.

Composta por 120 capítulos, a novela Jikulumessu celebra as cores, os sabores, a musicalidade e a força da cultura angolana. Mas, também apresenta temas polêmicos e socialmente relevantes daquele país e também do Brasil, como corrupção, consumo de drogas, ambição, prostituição e homofobia.

Na primeira etapa da história, o personagem de Joel Kapala na adolescência é interpretado pelo ator Fernando Mailoge. Nesse período, o papel da mocinha Djamira Pereira, aos 14 anos, é de Sandra Gomes. Já nos capítulos em que a trama se passa nos dias atuais, os atores Borges Macula e Heloísa Jorge vivem o casal de protagonistas.

Capítulo de estreia.

É na fenda de Tundavala, um enorme abismo situado na Serra da Leba, distante 18 quilometros de Lubango, que Joel marca numa pedra o ano que vai mudar sua vida, 1998, e conta à irmã, Nina, que se candidatou a uma bolsa de estudos no colégio Santa Agnes, em Luanda. Em seguida, segue com o pai Ivo e o tio Bruno para o Namibe, onde vão entregar um carro alugado. Enquanto isso, a mãe de Joel, Laura, e Nina vão ao aeroporto buscar uma encomenda enviada pelo tio Roberto, que vive em Luanda. No terminal, cruzam com o deputado Walter e sua família, que chegam para férias na fazenda do criador de gado Ernesto Kalenga.

Mais tarde, Walter propõe um negócio de bois para roubar Kalenga. Aborrecida, a filha de Walter, Bianca, e o seu amigo, Greg, roubam um jipe da fazenda para assistir ao concerto da cantora Mariana, no Namibe. Quem também quer assistir a esse concerto é Djamila, mas a sua avó Cândida não deixa. Cândida acaba por ir visitar uma prima deixando Djamila e o seu primo Nuno tomando conta da lanchonete da qual é dona. Entretanto, uma avaria no carro de Ivo obriga uma parada junto da lanchonete. Joel aproxima-se para pedir água e conhece Djamila. Os dois se apaixonam à primeira vista. Joel explica que precisa de água para o carro.

Djamila ajuda-o e, depois, num momento de distração, esconde-se na parte de trás do automóvel de Ivo, sem ser vista, e parte e com eles. Já em Namibe, Djamila consegue assistir ao concerto de Mariana. Joel regressa para Lubango e ao saber que foi admitido no colégio em Luanda parte de bicicleta para a Serra da Leba, como forma de cumprir uma promessa. Na serra, Cândida viaja a pé e é atropelada pelo jipe de Bianca e Greg, bêbados, que fogem em seguida. Joel passa de bicicleta e dá assistência a Cândida.

Ficha Técnica

Produção: Semba Comunicação
Direção: Marisa Tavares
Autores: Coréon Dú (autor da ideia original), Alexandre Castro, Isilda Hurst, Divaldo Martins, Ana Sofia Fernandes, Andreia Vicente Martins, Erikson Pacheco Rodrigues, Joana Jorge, Luisa Sampaio, Noé João e Pedro Barboa da Silva
Elenco: Celso Roberto, Constância Lopes, Daniel Martinho, Ana Almeida, Ana Karina, Carla Aragão, Délcio Rodrigues, Dinamene Boornois, Elisângela Gomes, Eric Santos, Ery Costa, Fernando Mailoge, Filomena Reis, Grace Mendes, Henza Benchima, Ilda Costa, Isabel Silva, Isalina Gonçalves, João Chaves, Joe Benoliel, Joicelino Bembo, Josefa Ferraz, Macgonel, Maueza Monteiro, Miguel Hurst, Nicole Júlio, Orlando Sérgio, Rafael Almeida, Rui Orlando, Sandra Gomes, Sofia Buco, Sónia Claudia Neves, Xavier António, Yaritssa ResendeBorges Macula, Heloísa Jorge.

Serviço
TV Brasil
Jikulumessu
De segunda a sexta, às 20h30

Estreia 25 de maio (quinta-feira), às 20h30

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo