sexta-feira, 14 de julho de 2017

Filmes na TV Brasil de 15 a 23 de julho de 2017

Sábado, 15 de julho
Festival Mazzaropi – “Jeca contra o Capeta”
Às 16h, na TV Brasil
Jeca tem de enfrentar uma rica fazendeira que faz de tudo para ter o seu amor. “Jeca contra o capeta” é uma comédia sem limites, em que o querido Jecão leva o capeta à loucura e faz as pessoas caírem da cadeira de tantas risadas.
O filme, uma paródia tupiniquim de “O Exorcista” (1974), foi um dos maiores recordes de público do cinema nacional de então.
Reprise. 95 min. Ano: 1975. Classificação Indicativa: Livre



---------------------------------------------
Domingo, 16 de julho
Uma Cinderela em Roma” (Parte 1)
Às 16h, na TV Brasil
Domingo (16), às 16h, a TV Brasil exibe o primeiro episódio da série inédita “Uma Cinderela em Roma.” Nesta versão de um clássico conto de fadas, a jovem e talentosa pianista Aurora é a Cinderela, que sofre nas mãos de sua cruel madrasta, depois da morte do pai, um famoso maestro. Ambientada na Roma pós-Segunda Guerra Mundial, a série é uma comédia romântica que retrata todo o glamour dos anos 1950, mantendo o espírito da história original.
Dividida em dois episódios, Uma Cinderela em Roma começa quando Aurora tem 13 anos, é pianista, e filha do maestro Valério. Após a morte de sua esposa, Valério contrata Irene, mãe de duas meninas, para ser a governanta da casa. Para a infelicidade de Aurora, Valério e Irene decidem se casar. Aurora se apaixona pelo menino Sebastian, seu vizinho. A morte inesperada de Valério vira a vida da menina de cabeça para baixo e Irene decide transformar a casa da família em um hotel.
Aurora nada pode fazer para a impedir. Irene faz com que ela abandone as aulas de piano e trabalhe como camareira. A madrasta e suas duas filhas, Lúcia e Teresina, não perdem uma oportunidade de humilhar Aurora. Anos mais tarde, Aurora já é uma jovem adulta. Sua avó, Laura Cooper, chega a Roma para tratar de negócios e se hospeda no hotel de Irene, sem saber que Aurora é sua neta. Ao descobrir o parentesco, Laura se torna uma espécie de fada-madrinha da neta e a prepara para uma participação triunfal no baile de gala oferecido por Sebastian.
Inédito. Ano: 2011. 100 min. Gênero: Drama/ficção Classificação Indicativa: 12 anos.


---------------------------------------------
Segunda-feira, 17 de julho
Motxi de Obô”
Às 23h, na TV Brasil
Às 23h de segunda (17), a TV Brasil exibe o documentário “Motxi de Obô” (“Morte da Floresta”), que aborda a exploração da floresta de São Tomé e Príncipe, na África.
Reconhecida por sua importância para os santomenses e para a humanidade, a floresta equatorial de São Tomé e Príncipe foi classificada por cientistas, em 1988, como a segunda mais importante entre 75 florestas de África.
O filme chama atenção para as consequências da exploração sistemática da floresta, uma vez que esta conserva centenas de plantas com poderes terapêuticos e inúmeras espécies de aves.
Produzido dentro do parque natural Obo São Tomé, “Motxi de Obô” traz depoimentos de curandeiros (médicos tradicionais) que coletam cascas e folhas para produção de medicamentos, madeireiros que abatem árvores para construções, artesãos que as abatem para a produção canoas de pesca artesanal, e produtores rurais que desmatam para agricultura.
O abate de árvore para produção de canoas e construções tem contribuído para a morte lenta da floresta, pois casas em alvenaria não são tradição no país e não está ao alcance de todos. E na destruição da floresta está a base de alteração do clima em São Tomé e Príncipe.
Dirigido por Ramusel Graça, o documentário reflete ainda sobre a insuficiência de meios e políticas que proíbam o desmatamento em São Tomé e Príncipe e sancionem seus autores.
Inédito. 52 min. Documentário. Direção: Ramusel Graça. Classificação: 18 anos.


---------------------------------------------
Quarta-feira, 19 de julho
Besame Mucho”
ÀS 23h30, na TV Brasil
O longa-metragem “Besame Mucho” narra a trajetória dos casais de amigos Xico e Olga e Tuca e Dina. As relações desses casais são mostradas como um retorno ao passado, desde os sonhos de adolescência às frustrações da maturidade. Eles se conheceram em uma cidadezinha do interior paulista, mas um dos casais decide tentar a sorte na cidade grande.
Esse retorno mágico e realista no tempo descreve a amizade entre dois homens, que viveram a alegria dos anos 60, o desencanto dos anos 70 e a queda dos anos 80. Um retorno que, no final, chega às causas que fizeram dos personagens o que eles são: o namoro com as duas garotas, ingênuas e simples, ao som da música que dá nome ao filme.
Baseado em peça homônima de Mário Prata, o filme recebeu o prêmio de Melhor Filme do Festival Ibero-americano de Hueva e os Kikitos de Melhor Figurino e Melhor Roteiro no Festival de Gramado.
Reprise. 108 min. Ano: 1987. Gênero: Drama. Direção: Francisco Ramalho Jr., com José Wilker, Antônio Fagundes, Glória Pires, Christiane Torloni, Giulia Gam, Paulo Betti, Isabel Ribeiro, Iara Jamra, Vera Zimmermann, Linda Gay, Wilma Aguiar, Sylvio Mazzuca e sua orquestra. Classificação Indicativa: 16 anos.


---------------------------------------------
Sábado, 22 de julho
Festival Mazzaropi: “Jecão... Um fofoqueiro no céu”
Às 16h, na TV Brasil
Jecão Espinheiro se vê envolvido com problemas relacionados à sua sorte com o dinheiro. Ele e o filho, Martinho, ganham na Loteria “Espiritiva” e vão a São Paulo receber o prêmio. Quando voltam para a cidadezinha onde moram, são recebidos pela população com fanfarra, faixa de boas-vindas e muita festa, mas também por olhos cobiçosos.
A fortuna desperta o interesse de um fazendeiro da região, Chico Fazenda, que, com seus capangas, assalta Jecão e o mata. Graças às suas boas ações, Jecão vai parar no céu, caracterizado ao estilo popular do caipira. O filme traz sequências impagáveis das sessões espíritas. Em uma delas, Jecão volta à Terra para realizar seu próprio enterro, provocando confusão, medo e correria em praça pública.
Para desespero dos santos, toda vez que volta ao céu, Jecão promove bailinhos para animar os anjos e é punido pelo pecado da indisciplina. Diante das estripulias de Jecão no céu, realiza-se uma reunião de cúpula entre os santos para decidir sua sorte. Como ele não pode ficar mais lá, nem ser mandado para o inferno, o conselho decide-se pela única saída: a reencarnação.
Reprise. 105 min. Ano: 1977. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi e Pio Zamuner, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Paulo Greven, Dante Ruy, Gilda Valença, Denise Del Vecchio, Edgard Franco, Elizabeth Hartman, João Paulo, Leonor Navarro, Rose Garcia, Armando Paschoalim. Classificação indicativa: Livre.


---------------------------------------------
Domingo, 23 de julho
Uma Cinderela em Roma” (Parte 2)
Às 16h, na TV Brasil
O clássico de Cinderela ganha uma nova roupagem, que mantém o espírito da história original. Nesta versão, Aurora é uma jovem e talentosa pianista controlada por sua cruel madrasta na Roma pós-guerra.
No segundo e último filme da série, Aurora deixa Sebastian e seus convidados impressionados com sua aparição triunfal no baile. No jardim, Sebastian tenta beijá-la, mas ela foge ao escutar a voz de Tina e perde um sapato no caminho.
Sebastian deveria pedir Tina em casamento durante o brinde, mas não consegue tirar Aurora da cabeça. Durante um recital, Aurora se senta ao lado de Sebastian e revela que é sua vizinha de infância. Inspirado por essa conversa, Sebastian redescobre sua paixão pela literatura.
No seu aniversário de 21 anos, Sebastian vai ao hotel parabenizar Aurora, mas Irene a tranca no quarto e conta inverdades ao rapaz, que decide retomar a ideia do casamento arranjado com Tina.
Inédito. Gênero: Drama. Ano: 2011. Classificação: 12 anos.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo