quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Investigação Discovery exibe especial sobre Lady Di 20 anos após sua morte

Lady Di - Divulgação

Ousada e à frente de seu tempo – assim Lady Di é descrita hoje. Entretanto, quando entrou para a família real britânica, Diana Spencer não era vista como o ícone que ela viria a se tornar, mas como a pretendente sob medida: discreta, frágil, recatada, bela e virginal.


Na quinta-feira, 31 de agosto, às 19h10, o Investigação Discovery revela como a jovem tímida se transformou em uma das figuras mais representativas e adoradas do século XX, com o especial PRINCESA DIANA: ACIDENTE OU TRAIÇÃO (Diana: Tragedy or Treason). Em mais de duas horas de duração, o documentário analisa a trajetória de Diana, desde à infância, passando por sua relação com a família real, até a conflituosa separação e as suspeitas que ainda pairam sobre o acidente que fez dela vítima fatal.

O especial relembra os feitos extraordinários de Diana – sua independência e coragem a teriam transformado em referência no mundo todo, mas também significariam uma grande ameaça para a imagem da família real.  A partir de então, a produção examina uma versão controversa, ancorada nas convicções de Mohamed Al Fayed: para ele, o filho, Dodi, e Diana foram vítimas de uma conspiração, de homicídio. O documentário expõe as evidências e mistérios que colocam em xeque a versão oficial dos fatos.

Para isso, a atração ouve fontes como amigos de Diana, autores, jornalistas e historiadores. Entre os depoimentos está o de Andrew Morton, biógrafo que revelou ao mundo as aflições da princesa quando, em 1991, ela concedeu a ele uma entrevista, enviada secretamente por gravações de áudio, na qual mencionava seu casamento infeliz, as provas do caso extraconjugal do príncipe com Camilla Parker Bowles, o isolamento e a bulimia.

PRINCESA DIANA: ACIDENTE OU TRAIÇÃO mostra como o surgimento de uma mulher atrevida, inteligente e com personalidade marcante coincidiu com o início da era de culto às celebridades. O contexto e o carisma fizeram com que Diana se tornasse um ícone mundial – em uma trajetória meteórica e com altas doses de melancolia, que terminaria de maneira trágica.

A morte de Diana, ocorrida após um escândalo conjugal sem precedentes e as revelações bombásticas do livro de Morton, Diana: Her True Story in Her Own Words, deixou a sociedade consternada e, vinte anos depois, alimenta diversas teorias sobre o que realmente aconteceu na noite de 31 de agosto de 1997.

O documentário começa com os eventos que sucederam a morte de Lady Di; recapitula a infância e adolescência, bem como a difícil adaptação da jovem Diana à rotina palaciana, ainda antes do casamento. O distúrbio alimentar e as suspeitas de traição vieram junto com o título de Princesa de Gales e acompanhariam Diana até os 36 anos, quando ela foi vítima do destino trágico – ou da mais grave entre as traições. 

SERVIÇO
PRINCESA DIANA: ACIDENTE OU TRAIÇÃO (Diana: Tragedy or Treason)
Estreia: quinta-feira, 31 de agosto, às 19h10
Classificação indicativa: 14 anos

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo