segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Conexão Repórter exibe o documentário "Feridas da Alma" nesta segunda

Divulgação/SBT

No Conexão Repórter de hoje, 19 de fevereiroRoberto Cabrini revela os traumas da vítima do pior caso de estupro coletivo já registrado no continente e investiga o que se passa na mente de homens que cometem essa atrocidade


Em "Feridas da Alma", o longo silêncio finalmente é quebrado. Cabrini fica frente a frente com a jovem que denunciou ter sido violentada por 33 homens no Rio de Janeiro e, mais de um ano depois, a adolescente se reencontra com jornalista que a entrevistou um dia após a longa noite de barbárie. O programa trará respostas para questões importantes e contará o que de fato aconteceu naquela noite, como está a jovem obrigada a viver escondida, sua rotina e como ela tenta superar os traumas e reconstruir sua existência. O jornalista mostra como ela e sua família convivem com as marcas do preconceito, qual a relação da moça com os pais e com o filho de apenas 4 anos. A jovem, que na primeira entrevista disse ter contado 33 homens que a estupraram, hoje confessa: "era impossível contar". O telespectador vai ver também sérias denúncias envolvendo a violência sexual contra crianças e acompanhará ainda o que se passa na mente de um estuprador. Percorrendo os corredores de um presídio em Rondônia, Cabrini investiga histórias de homens perigosos que cometem verdadeiras atrocidades.

O Conexão Repórter vai ao ar toda segunda-feira, 23h30, logo após o Programa do Ratinho, no SBT.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo