sexta-feira, 4 de maio de 2018

Filmes na TV Brasil de 05 a 12/05/2018

O Grande Xerife”
Sábado, 5 de maio, às 16h.
Amácio Mazzaropi interpreta um viúvo, pai de Mariazinha. Ele é o morador mais antigo de Vila do Céu, onde vive cuidando da vida dos outros. Um dia, chega à cidade o bandido João Bigode, disfarçado de padre.
O bandido mata o xerife da Vila e põe um comparsa no lugar. A confusão está armada e só Mazzaropi pode fazer algo a respeito.
95 min. Ano de estreia: 1972. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Elenco: Mazzaropi, Patricia Mayo, Paulo Bonelli, Tony Cardi, Augusto César Ribeiro. Classificação: Livre


-----
O Corintiano”
Quarta-feira, 2 de maio, às 23h45
Em “O Corintiano”, Mazzaropi é '‘seu’' Manuel, um barbeiro fanático pelo Corinthians. Ele é capaz das maiores loucuras para torcer pelo seu time do coração, como andar com um burro preto e branco, bater boca com torcedores de times rivais, fazer promessas malucas, orações, sofrer e xingar na arquibancada.
98 min. Ano: 1967. Gênero: comédia. Direção: Milton Amaral, com Amácio Mazzaropi, Elizabeth Marinho, Lucia Lambertini, Nicolau Guzzardi, Carlos Garcia, Roberto Pirillo, Leonor Pacheco, Roberto Orosco, Augusto Machado de Campos, Xandó Batista. Classificação Indicativa: Livre.

-----
Volga-Volga”
Segunda-feira, 7 de maio, às 23h45.
Acompanhados pelo burocrata Byalov, que pretende utilizá-los em proveito de sua ascensão, dois grupos rivais de artistas amadores – um erudito e outro popular – deixam sua aldeia e vão a Moscou participar de um concurso de talentos.
A maior parte da ação se passa em um barco a vapor viajando no rio Volga. O nome do filme é retirado da canção popular russa "Stenka Razin", que Aleksandrov cantava enquanto remava com Charlie Chaplin nas águas da baía de San Francisco. Brincando, Chaplin sugeriu as palavras para título de um filme e Aleksandrov aproveitou a dica.
Inédito. 104 min. Ano: 1938. Gênero: comédia musical. País: União Soviética. Direção: Grigori Aleksandrov, com Lyubov Orlova e Igor Ilyinsky.

-----
A cidade é uma só?”
Terça-feira, 8 de maio, às 23h45
O documentário “A cidade é uma só?” reflete sobre os 50 anos de Brasília e tem como foco o processo permanente de exclusão territorial e social a que se submete parte da população do Distrito Federal e do entorno.
O ponto de partida da reflexão é a chamada Campanha de Erradicação de Invasões (CEI), que, em 1971, removeu barracos que ocupavam os arredores da então jovem Brasília.
Tendo a Ceilândia como referência histórica, os personagens do filme vivem e presenciam as mudanças da cidade. O documentário conquistou o Prêmio da Crítica na Mostra de Tiradentes (2012) e recebeu Menção Honrosa na Semana dos Realizadores (2011).
80 min. Ano: 2011. Gênero: Documentário. Coprodução Empresa Brasil de Comunicação (EBC) / Ministério da Cultura. Direção e roteiro: Adirley Queirós, com Dilmar Durães, Nancy Araújo, Wellington Abreu. Fabiana Freitas, Marquim e Yuri Pierre. Classificação Indicativa: 12 anos.

-----
Betão Ronca Ferro”
Quarta-feira, 9 de maio, às 23h45
Em Betão Ronca Ferro, o comediante Amácio Mazzaropi presta homenagem aos artistas mambembes e à sua própria origem circense. Mesmo depois da fama, Mazzaropi nunca deixou de frequentar picadeiros Brasil afora. Um dos pontos altos do filme é quando Mazzaropi faz seu próprio número no circo.
No filme, a filha de um empregado de circo (Dilma Lóes) casa-se com um jovem muito rico (Roberto Pirillo), contra a vontade da família dele. O pai dela (Mazzaropi) acaba pegando dinheiro emprestado com a família do genro (Araken Saldanha) e compra o circo onde trabalhava, passando a perambular de cidade em cidade.
Betão Ronca Ferro” – o título faz alusão à telenovela “Beto Rockfeller”, um fenômeno de então – retrata a dura realidade dos artistas de circo, principalmente na concorrência entre um circo grande e um circo pequeno. Na época, os circos ainda podiam ter animais como atrações. O comediante também aborda a moda da época, como a minissaia e a calça pantalona.
100 min. Ano: 1971. Gênero: comédia. Direção: Geraldo Afonso Miranda. Classificação indicativa: Livre.

-----
Lusitânia Expresso”
Quinta-feira, 10 de maio, às 23h45
O documentário Lusitânia Expresso relembra uma aventura ocorrida em 1992, na ação que ficou conhecida como “Missão Paz em Timor”.
Um grupo de jovens liderado por Rui Marques, editor de uma revista para estudantes em Portugal, resolve levar 120 pessoas – entre estudantes de 23 países e jornalistas internacionais – em uma viagem a bordo do ferryboatLusitânia Expresso. Saindo de Lisboa até a Austrália, e de lá até Timor-Leste, o objetivo era deixar uma coroa de flores no túmulo dos timorenses vítimas do massacre feito por militares indonésios, um ano antes, em Díli.
Entre os passageiros do navio, estavam jornalistas, radialistas, políticos e outras figuras públicas, incluindo um ex-presidente português, o General Ramalho Eanes. Já próximo do limite territorial de Timor-Leste, o comando da frota indonésia ameaçou afundar o “Lusitânia Expresso”, caso entrasse em águas de Timor.
A marinha indonésia impede que o navio entre em águas timorenses, mas o propósito principal era denunciar ao mundo a violência que em curso no Timor-Leste. O documentário reconstrói essa viagem com imagens da época e entrevistas com os protagonistas da aventura.
O Programa CPLP Audiovisual é uma iniciativa estratégica de colaboração entre as emissoras públicas de TV dos estados-membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa para a composição de uma faixa comum de programação, a ser difundida nos diversos territórios nacionais, composta por documentários que levam ao público uma visão contemporânea da diversidade cultural, social e política do mundo de língua portuguesa.
54min. País: Timor-Leste. Duração: 54min. Ano 2012. Direção e Produção: Francisco Manso. Classificação: 18 anos.

-----
Além de nós: mudança na paisagem”
Quinta-feira, 10 de maio, à 0h40
O documentário “Além de nós: Mudança na Paisagem” traz um olhar sobre as transformações ocorridas na ocupação do território de Portugal nos últimos 50 anos.
O filme aborda as paisagens em sentido amplo e percorre o país de norte a sul, do planalto de Castro Laboreiro ao Algarve, passando pelo Douro e pela renovação do Alentejo por via do Alqueva.
Entre “centros históricos” e “aldeias típicas”, os portugueses buscam na paisagem um lugar para passar férias, mas a verdade é que a ocupação do território mudou de forma irreversível nas últimas cinco décadas em virtude da emigração, do despovoamento e da fuga para os grandes centros urbanos do litoral.
Além de Nós: Mudança na Paisagem” é um documentário sobre a identidade do campo português. A produção resgata a paisagem vivida na infância de várias gerações que formam as raízes do povo marcada pela natureza, pelos homens e pelo progresso.
O Programa CPLP Audiovisual é uma iniciativa estratégica de colaboração entre as emissoras públicas de TV dos estados-membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa para a composição de uma faixa comum de programação, a ser difundida nos diversos territórios nacionais, composta por documentários que levam ao público uma visão contemporânea da diversidade cultural, social e política do mundo de língua portuguesa.
53 min. País de origem: Portugal. Ano: 2011. Gênero: documentário. Direção: Anabela Saint-Maurice. Produção: Ana Lucas – RTP. Classificação Indicativa: 18 anos

-----
Um Caipira em Bariloche
Sábado, 12 de maio, às 16h
Fazendeiro ingênuo, Polidoro cai na conversa do genro e vende suas terras para um vigarista que engana a todos, inclusive sua própria esposa, uma argentina honesta e desiludida com o amor.
Por pura armação, os dois acabam indo parar em Bariloche e lá na neve, em meio a confusões e gargalhadas, o caipira começa a juntar os fatos e retorna para desmascarar os vilões.
A comédia promete muitas risadas e momentos de diversão, intriga e suspense para a plateia. O longa “Um caipira em Bariloche” foi uma das maiores bilheterias de toda a carreira do saudoso humorista Amácio Mazzaropi.
100 min. Ano: 1973. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Beatriz Bonnet, Ivan Mesquista, Carlos Valone. Classificação Indicativa: Livre

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo