segunda-feira, 23 de julho de 2018

Persona em Foco relembra a trajetória de Mauro Mendonça

Persona em Foco_Atílio Bari_Foto Nadja Kouchi

No Persona em Foco desta quarta-feira (25/7), o público conhece um pouco mais sobre a vida e a trajetória de um ator que conta com mais de 65 anos de carreira: Mauro Mendonça. O artista coleciona em seu portfólio clássicas telenovelas da TV brasileira, como Feijão Maravilha; Sinhá Moça; Toma Lá, Da Cá; A Favorita; Passione; As Brasileiras; e Gabriela. Com apresentação de Atílio Bari, o programa vai ao ar às 23h15, na TV Cultura, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

No Persona em Foco, o artista relembra a infância em sua cidade natal, Ubá, em Minas Gerais, quando nadava no rio, pescava e ia à missa todos os domingos. “Dona Santinha, minha mãe, não tinha dúvida. Ela queria que os filhos não perdessem o caminho da igreja”, conta. O pai morreu novo e sua mãe teve que criar sozinha sete filhos, todos homens.
Os primeiros trabalhos de Mendonça no palco incluem importantes espetáculos no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC) e no Teatro Oficina. São mais de 40 espetáculos no currículo. Na atração, ele lembra quando entrou no Teatro de Arte do Rio de Janeiro, com Maria Jacintha. Segundo Mendonça, outros artistas, como os casais Fernanda Montenegro e Fernando Torres e Paulo Goulart e Nicette Bruno, também passaram por lá.
O artista relembra sua atuação em Um Bonde Chamado Desejo, Uma Rua Chamada Pecado, de Tennessee Williams, nos anos 60, além de outros espetáculos, como Oh, Que Delícia de Guerra, de Ademar Guerra, e Em Família, dirigido por Antunes Filho. O ator também atuou em outros espetáculos, incluindo EvitaÓpera do Malando e Caixa 2. “Eu não cheguei a fazer o Shakespeare, o Hamlet, mas o que eu fiz eu procurei fazer o melhor possível”, conta.
Mendonça fala ainda sobre sua atuação no cinema, em Dona Flor e Seus Dois Maridos, na década de 70. Na TV Cultura, o ator trabalhou em Electra, na década de 70. Na TV Globo, fez inúmeras novelas, como Anjo Mau e Eta Mundo Bão. Sobre o ofício de atuar, ele diz: “Esse trabalho de vivenciar temperamentos e psicologias diferentes enriqueceu a minha vida. Ao vivenciar um personagem, você toma emprestado aquela criatura imaginária e assume parte para você. Isso enriquece a sua personalidade”.
Neste especial em homenagem a Mauro Mendonça, as lembranças do ator são entremeadas por depoimentos de personalidades que trabalharam e conviveram com o artista, como Nathália Timberg, Eva Wilma, Miriam Mehler, Renato Borghi, Roberto Vignati e Karin Rodrigues.
Serviço
Exibição: às quartas-feiras
Horário: às 23h15
Duração: 1 hora

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo