quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Lygia Fagundes Telles é destaque em “Imortais da Academia”

A escritora Lygia Fagundes Telles, ocupante da cadeira 16 da ABL - Divulgação

“Por que ler a Lygia (Fagundes Telles)?”, pergunta a escritora Lya Luft no início do episódio inédito da série “Imortais da Academia” dedicado aos ocupantes da cadeira de número 16 da Academia Brasileira de Letras. Em seguida, ela mesma responde: “Primeiramente, para ter uma extraordinária e encantadora lição de linguagem. Segundo, para penetrar num universo de vasculhamento da alma humana de maneira perspicaz”. O doutor em literatura Antonio Dimas completa: “Ela vai no detalhe. O narrador da Lygia vai sempre no inesperado”. Os dois comentaristas da obra da imortal também enfocam sua paixão por gatos e sua visão política. Além disso, falam da obra dos antecessores dela na cadeira 16: Gregório de Matos, importante poeta satírico do século XVII, e Araripe Júnior, crítico literário que conquistou fama com seu jeito direto e irreverente. Produzida pela Giros e dirigida por Belisario Franca exclusivamente para o Curta!, “Imortais da Academia” conduz o público em um passeio pelo presente e pelo passado da ABL. A série é financiada pelo Fundo Setorial Audiovisual, da Ancine. Episódio inédito na Quinta do Pensamento, 7, às 21h.

Jum Nakao e Renato Imbroisi, artistas do design têxtil brasileiro, mostram suas criações na Terça das Artes
A renda em papel é um dos trabalhos mais celebrados do designer brasileiro Jum Nakao. O trabalho que concilia tecnologia e tradição é considerado um marco de um dos criadores mais férteis do design gráfico têxtil brasileiro, tema do episódio inédito da série exclusiva “Design Gráfico Brasileiro”. Renato Imbroisi, profissional que busca por uma matriz brasileira genuína, mesclando inventividade e referências, também está no programa que investiga o design têxtil. Episódio inédito na Terça das Artes, 5, às 23h.
Segunda da Música – 4/3
21h35 – "Vinicius” (Documentário)
A montagem de um show é o ponto de partida para a reconstituição de uma trajetória sem paralelos no cenário cultural do país. A vida, os amigos e os amores de Vinicius de Moraes, autor de mais de 400 poesias e cerca de 400 letras de música, são contados em meio às transformações do Rio de Janeiro, com imagens de arquivo, entrevistas e interpretações de muitos de seus clássicos. Diretor: Miguel Faria Jr. Duração: 120 min. Classificação: 12 anos. Horários alternativos: 5 de março, terça-feira, à 1h35; 6 de março, quarta-feira, às 9h35.

Terça das Artes - 5/3
23h – "Design Gráfico Brasileiro” (Série) – Episódio “Têxtil – Textura das Cores”
O design têxtil é umas das vertentes mais antigas do design, tendo seu início na tecelagem e ornamentação dos tecidos. O episódio mostra alguns dos criadores mais férteis do design gráfico têxtil brasileiro, suas influências e ideias acerca da atividade, passando da incrível renda em papel de Jum Nakao à inventividade de Renato Imbroisi, em busca da verdadeira matriz brasileira. Diretores: André Saad Jafet e Jorge Saad Jafet. Duração: 52 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 6 de março, quarta-feira, às 17h; 7 de março, quinta-feira, às 11h; 9 de março, sábado, às 20h05.

Quarta de Cinema - 6/3
20h - A faixa “A Vida é Curta!” traz dois curtas-metragens que abordam o tema “carnaval”, com a estreia de “Rainha”, de Sabrina Fidalgo
Rainha (Ficção)
Rita finalmente realiza o sonho de se tornar a rainha de bateria da escola de samba de sua comunidade; porém, ela terá que lutar contra forças obscuras, internas e externas. Diretora: Sabrina Fidalgo. Duração:30 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 7 de março, quinta-feira, às 00h; 8 de março, sexta-feira, às 8h; 9 de março, sábado, às 14h40.

Partido Alto (Documentário)
"Partido Alto" é um documento histórico e uma bela homenagem à “expressão mais autêntica do samba”, como Candeia define esse gênero musical, marcado por improvisações em estrutura semelhante à do repente nordestino. Diretor: Leon Hirszman. Duração: 22 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 7 de março, quinta-feira, às 00h33; 8 de março, sexta-feira, às 8h33; 9 de março, sábado, às 15h13. 

Quinta do Pensamento - 7/3
21h – “Imortais da Academia” (Série) – Episódio “Cadeira 16: Gato na cadeira de veludo azul”
Os gatos são forte objeto de interesse da atual ocupante da cadeira de número 16 da Academia Brasileira de Letras, Lygia Fagundes Telles. O encanto pelos bichanos é tamanho que a escritora os utilizou como instrumento de comparação para sublinhar as características de seus antecessores: Gregório de Matos e Araripe Júnior. Diretor: Belisario Franca. Duração: 26 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 8 de março, sexta-feira, à 1h; 9 de março, sábado, às 8h40; 11 de março, domingo, às 9h.

23h – “Esse Negócio de Livro” (Série) – Episódio “Para que serve um prêmio?”
Afinal, ganhar prêmios faz diferença na carreira de um autor? E na venda de livros? Neste episódio, diferentes opiniões sobre os impactos dos prêmios na produção de escritores, na venda de livros, na crítica literária. E, além disso, como funcionam alguns dos principais prêmios existentes hoje no Brasil. Diretoras:Adriana Borges e Lúcia Tupiassú. Duração: 26 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 8 de março, sexta-feira, às 3h; 9 de março, sábado, às 21h05; 10 de março, domingo, às 10h50.

Sexta da Sociedade - 8/3
21h – “Mexeu com uma, mexeu com todas” (Documentário)
"Mexeu com uma, mexeu com todas" é um dos gritos de protesto das mulheres que tomaram conta das ruas no Brasil e se organizaram em redes sociais para fazer frente ao machismo e ao conservadorismo. Por meio de depoimentos de mulheres que passaram por situações de violência, o documentário revela que, apesar de conquistas legais, a mulher ainda permanece em situação de vulnerabilidade. Entre outras depoentes, estão Maria da Penha, Joanna Maranhão, Luíza Brunet e Clara Averbuck. Diretora: Sandra Werneck. Duração: 71 min. Classificação: 12 anos. Horários alternativos: 9 de março, sábado, à 1h; 10 de março, domingo, às 18h30; 11 de março, segunda-feira, às 15h.

Sobre o Curta!
Dedicado às artes, à cultura e às humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, o canal pauta a sua programação pelos seguintes temas: música, dança, teatro, artes visuais, arquitetura, metacinema, filosofia, literatura, história política e sociedade.
O Curta! pode ser visto nos canais 56 e 556 da NET e da Claro TV, no canal 75 da Oi TV e no canal 664 da Vivo, oferecido à la carte pela operadora. 

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo