sexta-feira, 26 de abril de 2019

Andréa Bescond e Éric Métayer vêm ao Festival Varilux para apresentar “Inocência Roubada”

Divulgação

A dança foi a forma encontrada pela atriz e diretora francesa Andrea Bescond para se libertar dos traumas sofridos na infância. Abusada sexualmente quando era criança por um amigo dos pais, Bescond levou o tema para os palcos recebendo vários prêmios, entre eles, o Molière de Melhor Solo. Anos depois, Bescond e o marido, o diretor Éric Metayer, verteram o espetáculo para as cenas do cinema. E é para apresentar o longa “Inocência Roubada” (Les Chatouilles/A2 Filmes) que o casal desembarca em junho no Brasil para o Festival Varilux de Cinema Francês.


Atores, Éric e Andréa se conheceram no palco durante a comédia musical “As Aventuras de Rabbi Jacob”. Como ator, Éric recebeu diversos prêmios e, como diretor teatral, ganhou o Molière de Peça Cômica e Melhor Adaptação em 2010 por “Les 39 Marches”, em homenagem ao mestre Hitchcock.  

Juntos trabalharam no roteiro e direção e, em 2017, filmaram “Inocência Roubada”. O longa integrou a seleção do Festival de Cannes em 2018 na categoria “Un Certain Regard” e garantiu dois prêmios César em 2019 nas categorias Melhor Adaptação e Melhor Atriz Coadjuvante (atriz Karin Viard). O longa já foi visto por cerca de 220 mil pessoas na França.

“Inocência Roubada” trata de forma leve um assunto terrivelmente pesado. É uma obra brilhante que aborda também o renascimento daqueles que, com coragem, aprendem a subir pela encosta de sua vida. Um relato alerta sobre a resiliência e a alegria de viver apesar de tudo.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo