quarta-feira, 16 de outubro de 2019

‘O Paradoxo da Democracia’, de Belisario Franca, traz o debate político para a Mostra de Cinema de SP

Divulgação

Produzido pela Giros Filmes, com o apoio do Canal Curta, “O Paradoxo da Democracia”, dirigido por Belisario Franca, participa da seleção oficial da 43ª Mostra Internacional de São Paulo, dentro da Mostra Brasil. O documentário será exibido no dia 23, quarta-feira, no Espaço Itaú de Cinema, às 20h10. O diretor também participará da mesa “O audiovisual no front político”, no dia 24, dentro do III Fórum Mostra.


O documentário expõe conflitos sociais contemporâneos e a perplexidade de todos diante de tais acontecimentos, sem buscar respostas e provocando muitas perguntas. O longa traz imagens de protestos de rua em democracias tão distintas quanto Brasil, EUA, França, Egito, Espanha e Ucrânia, entre outros, realizadas por cinegrafistas amadores ou documentaristas profissionais independentes e oferecidas na rede em creative commons. Elas são costuradas a análises de pensadores de várias nacionalidades.

- Nosso esforço foi o de encontrar para cada imagem a sua força significante - explica o diretor Belisario Franca. - Graças ao espírito democrático desses produtores de conteúdo que, de maneira majoritariamente anônima, vêm construindo um valioso arquivo público de imagens, chegamos ao coração das manifestações ocorridas em tantos países.

Entre os intelectuais que participam do documentário estão o filósofo francês Jacques Rancière, os cientistas políticos e professores J.C. Monedero (Espanha) e Steven Liveski (Estados Unidos), o escritor e professor germano-americano Yascha Mounk - especializado em teoria política e democracia -, a socióloga, professora e escritora brasileira Angela Alonso e o economista brasileiro Sérgio Besserman Vianna. 

- Na outra trilha, fomos investigar as origens desse “mal-estar democrático”, com pensadores de diferentes partes do mundo e com diferentes tons no espectro político – complementa Belisario. - Discutir o paradoxo da democracia nesse turbulento aqui e agora talvez seja então, simplesmente, ocupar a brecha possível - ali onde ela aparece e tenta se renovar.

A Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontece entre os dias 17 e 30 de outubro e exibirá mais de 320 de títulos de cerca de 45 países. A programação completa está disponível no site do festival.

Para assistir ao trailer de “Paradoxo da Democracia” clique aqui

Sinopse
Na última década, democracias tão distintas quanto Brasil, EUA, França, Egito e Ucrânia foram tomadas por protestos de rua que tiveram, como elemento unificador, a insatisfação com a política tradicional. Todos os seus governos caíram, seja pela força ou pela via eleitoral. Ainda assim, a crise continua viva e produzindo resultados que deixam o mundo inteiro perplexo. O PARADOXO DA DEMOCRACIA é um documentário que busca superar essa perplexidade, com a ajuda de intelectuais e atores políticos.

Ficha Técnica
Direção: Belisario Franca
Roteiro: Belisario Franca e Pedro Nóbrega
Produção Executiva: Maurício Magalhães, Bianca Lenti
Direção de Fotografia: Basia Winograd, Paul Lewis Anderson e Thiago Lima
Edição: Maria Altberg
Duração: 76 min.

Serviço
‘O Paradoxo da Democracia’ na 43ª Mostra Internacional de São Paulo
23/10 (quarta-feira) – Première e debate com diretor  
20h10 - Espaço Itaú de Cinema Augusta – Sala 1
24/10 (quinta-feira) 
14h45 min - Espaço Itaú de Cinema – Anexo 4
28/10 (segunda-feira)
13h30 - Petra Belas Artes – Sala Villa Lobos.

Giros Filmes
A Giros Filmes produz dramaturgia adulta e infantil, animação, séries e longas documentais para cinema e televisão. Sociedade dos cineastas Belisario Franca e Bianca Lenti com os empresários Maurício Magalhães e João Alberto Santos, a Giros Filmes une a expertise em investigação de linguagens para diversas plataformas com conteúdos de relevância sociocultural, imprimindo sua identidade e capacidade de realização em séries e filmes atrativos para diversos públicos. Recentemente, vem investindo no gênero de dramaturgia adulta premium.

A Giros Filmes já produziu conteúdo para mais de 40 emissoras ou canais de TV e festivais audiovisuais brasileiros e internacionais. Na dramaturgia, a produtora acumula experiências com as séries Jungle Pilot (Universal TV), Baile de Máscaras (TV Cultura) e Revolta dos Malês (SescTV). Para os pequenos, a Giros Filmes produziu títulos como a animação Billy e Catarina (TVcom - BA), a série documental De Mala e Cuia (TVs Públicas), a série live action sobre ciência Queimamufa! (Futura), e em breve apresenta Amazonita (Zoomoo). Os principais trabalhos no cinema são Soldados do Araguaia (2018), Um Homem Só (2016), Menino 23 (2016), Amazônia Eterna (2012) e Estratégia Xavante (2006).

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo