quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Vida e obra de Leonardo da Vinci são retratadas em documentário inédito

Mona Lisa del Giocondo, uma das obras mais famosas de Leonardo Da Vinci - Divulgação

O que destaca Leonardo da Vinci de outros gênios da Renascença - como Michelangelo, Botticelli e Rafael - é o fato de ele ter sido um criador multifacetado. Essas várias facetas do artista são apresentadas pelo diretor François Bertrand nos 52 minutos do documentário "Leonardo da Vinci - O Homem Universal", da produtora francesa CPB Films, que estreia no Brasil com exclusividade no canal Curta!.

Além de conferir poesia e expressividade ímpares às figuras humanas retratadas em suas pinturas, Leonardo da Vinci fez incursões bem-sucedidas na engenharia e no estudo de fenômenos naturais. Inventou diversas máquinas (algumas das quais não saíram do papel), como tanques de guerra, paraquedas e planadores. Chegou a conceber a ideia do helicóptero, que registrou num desenho. Estudou a anatomia humana e a dos animais.


O filme fala também da infância de Da Vinci, que era filho bastardo de um tabelião, numa época em que os rebentos seguiam a carreira dos pais. Justamente por ser filho ilegítimo, Leonardo se viu livre dessa obrigação e pôde se concentrar no estudo da pintura e de outros assuntos de seu interesse. Além dos quadros, ele deixou dez mil páginas de anotações e desenhos, que permitem acompanhar o seu cotidiano e a evolução de suas ideias e pesquisas. Esse rico material serve como fonte para o documentário e é comentado por especialistas, como Serge Bramly, autor de uma biografia de Da Vinci, diretores de museus na Itália, o curador do Museu do Louvre, entre outros. A estreia é na Quinta da Pensamento, 24/10, às 23h.
Episódio inédito da série 'O Movimento Negro Desde Martin Luther King' relembra a luta pelos direitos civis dos negros nos EUA
A série documental O Movimento Negro Desde Martin Luther King analisa e conta a história das lutas por igualdade racial e apresenta questões que ainda hoje afetam a população negra norte-americana. No segundo episódio da série exibida pelo Curta! pela primeira vez no Brasil, os diretores Leah Williams, Leslie Asako Gladsjo, Sabin Streeter e Talleah Bridges McMahon retomam – através da narração do professor Henry Louis Gates – o movimento pelos direitos civis entre as décadas de 1960 e 1980. O capítulo foca nos caminhos diversos e muitas vezes divergentes tomados pelos integrantes do movimento, e também mostra a reação da sociedade, sobretudo dos supremacistas brancos, diante de suas conquistas. Gates também explora a forma como os afro-americanos encontram novas fontes de esperança através da criação do hip-hop. Episódio inédito na Sexta da Sociedade, 25/10, às 23h.

Segunda da Música – 21/10
21h35 – " Raul - O Início, o Fim e o Meio” (Documentário)
Enquanto o mundo fervilhava nas trepidações das motos de Easy Rider, no ritmo frenético de Elvis Presley, nos poetas Beatniks, na explosão da contracultura, um menino da Bahia deu à luz ao rock no Brasil. Um disco voador desgovernado que abduziu o coração e a mente de milhares de fãs. Raul Seixas, um homem que virou mito. O filme desvenda a trajetória da lenda do Rock através de imagens raras de arquivo, encontros com familiares, conversas com artistas, produtores e amigos. Raul Seixas morreu jovem porque viveu intensamente. Rock´n roll, amor livre, sociedade alternativa, drogas, magia negra, ditadura militar, mulheres e filhas. Um homem que queria viver da sua obra e morreu por ela. O início, o fim e o meio se confundem, porque a história ainda não acabou.  Diretores: Evaldo Mocarzel, Leonardo Gudel, Walter Carvalho. Duração: 128 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 22 de outubro, terça-feira, às 01h35 e às 15h35; 23 de outubro, quarta-feira, às 09h35; 26 de outubro, sábado, às 21h45; 27 de outubro, domingo, às 12h40.

Terça das Artes – 22/10
23h – "David Hockney - Tempo Recuperado” (Documentário)
Ele é uma figura importante no movimento pop art; um dos artistas mais populares e influentes de sua geração. Os motivos e cores de suas telas foram amplamente reproduzidos e agora fazem parte do panteão de arte do século XX, mudando a maneira como vemos o mundo. Hockney é tipicamente visto como um artista que ama a vida, um bom tempo, glamour e sexo. O lado altamente pessoal e emocional de seu trabalho é muitas vezes negligenciado, assim como a intensidade e a individualidade que ele demonstrou em cada um de seus períodos e estilos sucessivos. Através de imagens, anedotas e detalhada análise pictórica, este documentário destaca como o renomado pintor desafia classificações e permanece misterioso de muitas maneiras: um artista intenso, profundo e infinitamente apaixonado. Diretor: Michael Trabitzsch. Duração: 52 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 23 de outubro, quarta-feira, às 03h e às 17h; 24 de outubro, quinta-feira, às 11h; 27 de outubro, domingo, às 00h.

Quarta de Cinema – 23/10

20h - A faixa “A Vida é Curta!” traz os curtas-metragens “Waapa”, “Nome de Batismo – Alice” e “Abá”.

Waapa (Documentário)
O documentário propõe um mergulho inédito na infância Yudja (Parque Indígena do Xingu/MT) e nos cuidados que acompanham seu crescimento. O brincar, a vida comunitária e as influências de uma relação espiritual com a natureza são revelados como elementos que organizam o corpo-alma dessas crianças. Diretores: David Reeks, Paula Mendonça e Renata Meirelles. Duração: 21 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 24 de outubro, quinta-feira, às 00h e às 14h; 25 de outubro, sexta-feira, às 08h; 26 de outubro, sábado, às 12h15; 27 de outubro, domingo, às 01h.

Nome de Batismo – Alice (Documentário)
Em 1975, Angola declarou-se independente e uma longa Guerra Civil começou. Quarenta anos depois, Alice, única filha brasileira de uma família angolana no Brasil, decide ir a Angola, atrás das histórias que motivaram seus pais a lhe dar esse nome.  Diretora: Tila Chitunda. Duração: 25min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 24 de outubro, quinta-feira, às 00h24 e às 14h24; 25 de outubro, sexta-feira, às 08h24; 26 de outubro, sábado, às 12h38; 27 de outubro, domingo, às 01h24.

Abá (Documentário)
Abá significa esperança de paz espiritual. Significa também encontro, a crença na luz e a chegada no estado de contemplação. Diretora: Raquel Gerber. Duração: 5min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 24 de outubro, quinta-feira, às 00h52 e às 14h52; 25 de outubro, sexta-feira, às 08h52; 26 de outubro, sábado, às 13h05; 27 de outubro, domingo, às 01h52.

Quinta do Pensamento – 24/10
20h – “Imortais da Academia” (Série) – Episódio “Cadeira 33: Os homens fazem a língua”
No episódio de número 33 da série Imortais da Academia, um dos mais respeitados gramáticos brasileiros da contemporaneidade, Evanildo Bechara, encontra-se com a memória de um dos mais importantes críticos literários do país, Afrânio Coutinho, e ainda com o legado do iniciador do impressionismo na literatura brasileira, Raul Pompeia. O episódio que faz a genealogia da cadeira 33 da Academia Brasileira de Letras aborda, por meio desses três nomes de destaque – todos homens dedicados aos fazeres da língua –, diferentes aspectos da literatura, da crítica e da língua portuguesa. Diretor: Belisario Franca. Duração: 26min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 25 de outubro, sexta-feira, às 00h e às 14h; 27 de outubro, domingo, às 16h10; 28 de outubro, segunda-feira, às 08h; 03 de novembro, domingo, às 16h10.

23h – “Leonardo da Vinci – O Homem Universal” (Documentário)
Como apenas um homem ao mesmo tempo pintou a Mona Lisa, concebeu o rolamento de esferas e deu a primeira descrição clínica da aterosclerose? Por ocasião do 500º aniversário de sua morte, este documentário responderá a essas perguntas e muito mais, reunindo pistas graças à pesquisa no campo e aos encontros com os mais destacados especialistas em Leonardo da Vinci.  Diretor: François Bertrand. Duração: 52min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 25 de outubro, sexta-feira, às 03h e às 17h; 26 de outubro, sábado, às 13h15; 27 de outubro, domingo, às 22h10; 28 de outubro, segunda-feira, às 11h.

Sexta da Sociedade – 25/10
23h – “O Movimento Negro nos EUA desde Martin Luther King” (Série) - Episódio “Seguindo em Frente”
O segundo episódio dramatiza os caminhos divergentes para os afro-americanos e as explosões de reação branca que surgiram na década de 1970 e início dos anos 80. Gates explora como os afro-americanos encontraram novas fontes de esperança desde a criação do hip-hop.Diretores: Leslie Asako Gladsjo, Talleah Bridges McMahon, Sabin Streeter, Leah Williams. Duração: 60min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 25 de outubro, sábado, às 3h e às 11h15; 27 de outubro, domingo, às 23h10; 28 de outubro, segunda-feira, às 17h; 29 de outubro, terça-feira, às 11h.

Sobre o Curta!
Dedicado às artes, à cultura e às humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, o canal pauta a sua programação pelos seguintes temas: música, dança, teatro, artes visuais, arquitetura, metacinema, filosofia, literatura, história política e sociedade.
O Curta! pode ser visto nos canais 56 e 556 da NET e da Claro TV, no canal 75 da Oi TV e no canal 664 da Vivo, oferecido à la carte pela operadora.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo