terça-feira, 26 de novembro de 2019

Série da TV Brasil visita ilha que abriga Forte Tamandaré da Laje, no Rio

Fortes_do_Brasil_Forte_Tamandare_da_Laje_Credito_Divulgacao

O quinto episódio inédito da série Fortes do Brasil nesta quinta (28), às 21h30, na TV Brasil, desembarca no histórico Forte Tamandaré da Laje, localizado em uma ilha rochosa na entrada da Baía de Guanabara.


Para traçar um panorama sobre a fortificação, o programa da emissora pública entrevista estudiosos e pesquisadores que resgatam episódios associados ao forte que marcaram a memória do país.

Com linguagem documental, a produção destaca aspectos históricos que ajudam a compreender a importância dessa fortaleza que é considerada uma guardiã da entrada da Baía de Guanabara.

Ao longo de sua história, o local serviu de espaço para a detenção de personagens envolvidos em momentos históricos do Brasil como José Bonifácio, o major Miguel de Frias, o poeta Olavo Bilac e o marechal Henrique Lott, entre outros.

Desativada desde 1997, a construção foi erguida sob o rochedo da Baleia em uma pequena ilha rochosa, em posição estratégica a cerca de três quilômetros da praia da Urca, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Com dimensões aproximadas de 100 metros de comprimento por 60 metros de largura, o forte defendeu a barra da Baía de Guanabara entre meados do século XVII até o final do século XX.

A atual fortificação remente à Bateria Ratier utilizada em 1555 pelos invasores franceses na expedição de Nicolas Durand de Villegagnon (1510-1571) que fundou a França Antártica.

Os europeus denominaram a ilha de Le Ratier - ratoeira ou armadilha. Em pouco tempo, porém, os franceses a abandonando devido às tempestades e à maré alta que colocavam em risco o armamento e a guarnição.

A primeira fortificação, iniciada em 1644, só foi concluída no Governo do Marquês do Lavradio (1769-1790). Essa construção foi praticamente destruída em 1893 durante a Revolta da Armada. Devido à sua importância foi reconhecida com o título de fortaleza heroica.

Entre os anos de 1896 e 1901, o espaço passou por obras de reconstrução e modernização. Com tecnologia alemã, essa arquitetura arrojada transformou o local em uma espécie de búnquer. A partir de 1953, a fortificação recebeu o nome de Forte Tamandaré da Laje, uma homenagem ao patrono da marinha brasileira.

Sobre a série

Produzida pela equipe própria da emissora pública, a série documental apresenta uma perspectiva histórica sobre as fortalezas e os fortes mais importantes do país.

A série mostra a relevância dessas fortificações para a história nacional. Com informações e curiosidades sobre as estruturas, Fortes do Brasil amplia o horizonte para além do panorama memorial e lança um olhar turístico sobre as obras.

A produção combina material de acervo, imagens aéreas e gravações inéditas para revelar paisagens incríveis. A nova atração intercala entrevistas com pesquisadores e depoimentos de profissionais que têm trajetória envolvida com essas construções.

Com sete episódios de 26 minutos, a primeira temporada destaca o conjunto de fortificações que fizeram a defesa da Baía da Guanabara. No litoral do Rio de Janeiro, esse sistema é formado por dez edificações construídas às suas margens.

Os documentários de Fortes do Brasil são exibidos toda quinta-feira às 21h30 e têm horário alternativo na programação da TV Brasil. A série também pode ser acompanhada aos domingos às 17h30.

A produção ainda pode ser acessada na página do programa no site da emissora em http://tvbrasil.ebc.com.br/fortesdobrasil. O conteúdo realizado pelo canal público também está no aplicativo EBC Play, disponível nas versões Android e iOS, e no site http://play.ebc.com.br.

Serviço
Fortes do Brasil – quinta-feira, dia 28/11, às 21h30, na TV Brasil
Fortes do Brasil – domingo, dia 1/12, às 17h30, na TV Brasil
Fortes do Brasil – aplicativo EBC Play, disponível para Android, iOS e no site http://play.ebc.com.br

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo