sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Documentário sobre Marina Lima estreia no Curta!

Divulgação

Uma mulher à frente do seu tempo e uma artista que, em mais de 40 anos de carreira, canta os anseios de várias gerações. A vida e a obra de Marina Lima são o tema de “Uma Garota Chamada Marina”, documentário dirigido por Candé Salles e produzido por Leticia Monte e Lula Buarque de Hollanda, que estreia no canal Curta!.


Cenas do cotidiano da cantora foram registradas ao longo de dez anos pelo diretor  que também é seu ex-namorado e grande amigo , em um filme que se passa entre Rio, São Paulo, Porto Alegre e Berlim. O resultado, verdadeiramente intimista, revela uma Marina nunca vista antes. “Inexplicavelmente, em todo esse tempo de carreira, ela só tem um único DVD. Com esse projeto quis, além de homenagear, revelar o que pensa e mostrar quem é esta artista de perto”, frisa Candé.

No processo de criação e no roteiro, realizado a partir do vasto material registrado em diversos suportes e formatos digitais, o filme acompanha a trajetória da artista, suas escolhas e mudanças, bastidores de shows, referências, parcerias, processo criativo e detalhes da sua vida. “Uma Garota Chamada Marina” é uma produção da Espiral viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). A estreia é na Segunda da Música, dia 27/01, às 21h35.

Indicada ao Oscar, a diretora Petra Costa figura em sessão dupla no Curta
Nascida em Belo Horizonte e criada em São Paulo, a cineasta Petra Costa  que concorre ao Oscar de melhor documentário por “Democracia em Vertigem”  começou sua carreira em 2009, com o (premiado) curta-metragem “Olhos de Ressaca”. Quem quiser conhecer melhor o trabalho da documentarista que, no dia 9 de fevereiro, poderá conquistar a cobiçada estatueta da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas terá a chance de vê-la falar sobre sua metodologia e seus temas de interesse em episódio da série “Nós, Documentaristas”, de Susanna Lira.

Em seguida, será exibido o longa-metragem mais íntimo de Petra, “Elena”, de 2012. O filme é uma investigação poética dos caminhos traçados pela sua irmã mais velha, que viajou para Nova York com o sonho de ser atriz, após uma infância passada na clandestinidade, e acabou tirando a própria vida. A série “Nós, Documentaristas” vai ao ar na Quarta do Cinema, 29/01, às 22h, seguida pelo filme “Elena”, às 22h30.

Segunda da Música – 27/01
21h35 – “Uma Garota Chamada Marina” (Documentário)
Com linguagem cinematográfica mista e roteiro não linear, o documentário musical de longa-metragem Uma Garota Chamada Marina retrata a trajetória de Marina Lima cantora e compositora brasileira, expoente da música popular com mais de 40 anos de carreira. O documentário é composto por imagens de arquivos audiovisuais, imagens inéditas do acervo privado da artista, registro de ensaios, gravações e shows, entrevistas com a artista e convidados sobre temas relevantes de seu percurso artístico, musical, pessoal e poético. A narrativa é conduzida por Marina num diálogo cinematográfico íntimo e direto tendo como fio condutor o material de arquivo captado ao longo do processo de criação, composição, ensaios e gravação principalmente do disco Clímax, entre outros.  Diretor: Candé Salles. Duração: 71 min. Classificação: 10 anos. Horários alternativos: 28 de janeiro, terça, às 01h35 e às 15h35; 29 de janeiro, quarta, às 09h35; 1 de fevereiro, sábado, às 14h35; 2 de fevereiro, domingo, às 22h35.

Terça das Artes – 28/01
21h – "Inhotim - Arte Presente” (Série) – Episódio “Olafur Eliasson”.
Visitamos o Studio Olafur Eliasson em Berlim, que reúne cerca de 100 funcionários. Acompanhamos o dia a dia do lugar e conversamos com o artista dinamarquês e com alguns de seus mais próximos colaboradores. Somos apresentados aos projetos de dois futuros pavilhões pensados para Inhotim, enquanto Olafur revela sua preocupação com as mudanças climáticas e seu peculiar entendimento da realidade. Diretor: Pedro Urano. Duração: 52 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 29 de janeiro, quarta-feira, às 01h e às 15h; 30 de janeiro, quinta-feira, às 09h; 2 de fevereiro, sábado, às 00h.

Quarta de Cinema – 29/01
22h - Série “Nós, Documentaristas” - Episódio: “Petra Costa”
No episódio, Petra Costa fala sobre as questões envolvidas na realização de seus documentários, entre eles o curta "Olhos de Ressaca", o aclamado "Elena" e o sensível "O Olmo e a Gaivota". Diretora: Susanna Lira. Duração: 26 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 30 de janeiro, quinta-feira, às 02h e às 16h; 31 de janeiro, sexta-feira, às 10h; 2 de fevereiro, domingo, às 15h.

22h30  Elena” (Documentário)
Elena viaja para Nova York com o mesmo sonho da mãe: ser atriz de cinema. Deixa para trás uma infância passada na clandestinidade dos anos de ditadura militar e deixa Petra, a irmã de 7 anos. Duas décadas mais tarde, Petra também se torna atriz e embarca para Nova York em busca de Elena. Tem apenas pistas: filmes caseiros, recortes de jornal, diários e cartas. A todo momento Petra espera encontrar Elena caminhando pelas ruas com uma blusa de seda. Pega o trem que Elena pegou, bate na porta de seus amigos, percorre seus caminhos e acaba descobrindo coisas inesperadas. Diretora: Petra Costa. Duração: 82 min. Classificação: 14 anos. Horários alternativos: 30 de janeiro, quinta-feira, às 02h30 e às 16h30; 31 de janeiro, sexta-feira, às 10h30; 2 de fevereiro, domingo,às 19h.

Quinta do Pensamento – 30/01
22h15 – “Língua - Vidas em Português” (Documentário)
Um mergulho nas muitas histórias da língua portuguesa e na sua permanência entre culturas variadas do planeta. Diretor: Victor Lopes. Duração: 86min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 31 de janeiro, sexta-feira, às 02h15 e às 16h15; 01 de fevereiro, sábado, às 09h45; 03 de fevereiro, segunda-feira, às 0h e às 10h15.

Sexta da Sociedade – 31/01
22h - “Condor” (Documentário)
O documentário narra as diferentes versões sobre a “Operação Condor”, conexão entre as ditaduras do cone sul nos anos 70, e apresenta depoimentos emocionantes de algumas vítimas e personagens desse período marcante da história da América Latina. Vencedor dos prêmios de Melhor Documentário no Festival do Rio e Prêmio Especial do Júri em Gramado em 2007.  Diretor: Roberto Mader. Duração: 106min. Classificação: 14 anos. Horários alternativos: 01 de fevereiro, sábado, às 2h e às 12h35; 2 de fevereiro, domingo, às 20h30; 3 de fevereiro, segunda-feira, às 16h; 4 de fevereiro, terça-feira, às 10h.

Sobre o Curta!
O canal Curta! é um dos novos canais brasileiros da TV paga que mais aprovou projetos para financiamento pelo Fundo Setorial do audiovisual. Até agora foram financiados, para estreia no CURTA!, mais de 120 longas documentais e 800 episódios de 60 séries, atendendo à grade temática do canal: música, artes cênicas, metacinema, pensamento em humanidades, história política e sociedade.
O Curta! pode ser visto nos canais 56 e 556 da NET e da Claro TV, no canal 75 da Oi TV e no canal 664 da Vivo, oferecido à la carte pela operadora.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo