quarta-feira, 5 de maio de 2021

Artistas negros, Museu Afro e militância na arte ganham espaço no Estação Livre

Foto Nathalie Bohm

Estação Livre desta sexta-feira (7/5) coloca em pauta as artes plásticas. A apresentadora Cris Guterres recebe no estúdio Jaime Lauriano e Ciro Schu, artistas plásticos que comentam sobre seus trabalhos. A edição também fala sobre o Museu Afro da Bahia, artistas negros na história do país, militância na arte e como comunicar arte na pandemia. Vai ao ar a partir das 22h, na TV Cultura.

Através de seus trabalhos, Jaime Lauriano examina as estruturas de poder na produção histórica e evidencia as violentas relações mantidas entre instituições de poder e controle do Estado. Sua vida e obra migra entre Portugal e Brasil. O paulistano Ciro Schu, por sua vez, começou no graffiti nos anos 90 e desenvolve uma arte abstrata e figurativa com inspiração nos traços e signos dos povos originários das Américas. Ele também apresenta esculturas, pinturas e desenhos feitos a partir de diferentes materiais recuperados.

Estação Livre traz ainda uma reportagem sobre o Museu Afro da Bahia e sua história, com a participação de José Carlos Capinan, um dos criadores do local. O museu é o primeiro afro oficial do país e abriga a série de talhas de Carybé, obras que retratam rituais e orixás da cultura afro-brasileira, que também são mostradas na edição.

Para falar sobre artistas negros na história do país, o curador e antropólogo Hélio Menezes faz um panorama sobre a contribuição e presença deles nas artes plásticas. O programa ainda conversa com Sergio Adriano e Aryson Heráclito, que militam por meio de suas obras.

Achilles Luciano, artista visual de São Paulo, completa a atração. Achilles conta como permitiu que a arte se movimentasse na pandemia, da janela de seu quarto, projeta suas obras em uma empena vizinha e assim se comunica com seu público.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo