segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Titi Müller explora roteiros de "bate e volta" na nova temporada de "Anota Aí", que estreia no Multishow

Créditos: Divulgação Multishow

Titi Müller
 já está de malas prontas para explorar alguns destinos brasileiros na oitava temporada de Anota Aí, que estreia dia 27 de agosto no Multishow. Toda sexta-feira, sempre às 18h, o público poderá acompanhar uma série especial de roteiros de "bate e volta" com opções de lugares próximos aos grandes centros urbanos do Sudeste e do Nordeste do país. Serão oito episódios, com roteiro assinado pela própria Titi Müller, produção da Producing Partners e direção de Paula Buarque.

A nova leva de inéditos vai mostrar como viajar com segurança no momento atual, explorando passeios curtos, partindo das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife. Em cada lugar visitado, Titi vai apresentar dicas, histórias e, claro, muita informação e serviço relevante.

Logo no programa de estreia, as "praias de cair o queixo" vão roubar a cena para dar as boas vindas à temporada. E o público poderá conhecer o melhor do litoral paulista, com a Praia de Jabaquara, Ponta da Praia e a Praia da Armação. Na capital fluminense, Titi vai até a Praia José Bonifácio, Grumari e Secreto. Já na Região dos Lagos as praias da Azeda e dos Ossos tomam conta do cenário. E em terras pernambucanas, não vão ficar de fora as praias do Sossego e a da Vila.

"O mais marcante foi poder mostrar o Nordeste, né? Porque a gente fez a quinta Temporada do programa na Região Sul e Sudeste e todos nós ficamos com gostinho de ‘quero mais’, aquela vontade de ver o Nordeste e Norte, Centro-Oeste também de repente fica para a próxima temporada. A riqueza, a pluralidade dessa dessa região do Brasil e a quantidade de paisagem, de praia deliciosa, de águas calmas e gostosas, de comida boa, de povo acolhedor... é aquilo tudo que a gente já sabe! E só depois de tanto tempo essa região que vive muito de turismo está pronta pra chamar de volta os visitantes. Você vê a vontade que as pessoas têm de receber de novo esses turistas com segurança", conta Titi.

Ao longo da nova leva de episódios, os fãs da atração poderão acompanhar experiências de todo tipo: locais para quem curte estar perto da natureza; lugares para tomar aquela sobremesa de dar água na boca; passeios para curtir com a família; e vistas que valem mais que a viagem! Armação dos Búzios, Bezerros, Cabo Frio, Camaçari, Embu das Artes, Ilhabela, Maragogi, Niterói, Olinda, Paquetá, Petrópolis, Santos, Teresópolis, Porto de Galinhas e Recife são alguns dos destinos desbravados por Titi.

"São dicas de bate e volta, então você pode facilmente passar um dia na cidade e voltar ou passar o tempo que quiser também. Se a pessoa quiser se hospedar num lugar na cidade e explorar os arredores, a gente mostrou muitos lugares que têm muita coisa legal pra fazer em volta também, então fica aí a critério do telespectador definir quantos dias são suficientes. Tem muitos lugares que eu inclusive moraria, como Joanópolis, em São Paulo, por exemplo, passaria o resto da minha vida lá", completa a apresentadora.


ANOTA AÍ
Estreia: Dia 27 de agosto, às 18h no Multishow.
Exibição: Toda sexta-feira, às 18h.



TITI MÜLLER SOBRE A ESTREIA DA NOVA TEMPORADA DE ANOTA AÍ"

1. Como foi gravar a nova temporada do Anota Aí nos grandes centros urbanos do Brasil?
TITI MÜLLER - A proposta dessa temporada é dar dicas seguras para viagens breves, conscientes e com responsabilidade. Os destinos, lugares e programas são facilmente feitos de carro a partir de grandes centros como Recife, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. Eu não conseguia imaginar uma temporada do "Anota Aí" sendo feita nesse contexto, até que eu recebi os destinos e as pautas que a gente ia mostrar e pude ver que realmente a gente está entregando dicas que são seguras sim, para que as pessoas façam. Lógico que com o distanciamento, com o uso de máscara e álcool gel, mas em lugares com muita natureza e muito ar livre. Foi uma temporada muito gostosa de fazer, porque eu pude dar esse respiro. Foi uma grande escapadinha que eu pude dar também depois de mais de um ano e meio em casa e com um bebê. Foi muito gostoso, principalmente porque eu estava com a minha equipe amada de tantos anos. Foi como viajar com amigos depois de um longo inverno.

2. Qual é a característica mais marcante de cada uma para você? Pode ser cultura, gastronomia, opções de lazer etc.
TITI MÜLLER - Eu acho que o mais marcante, na verdade, foi poder mostrar o Nordeste, né? Porque a gente fez a 5ª Temporada do "Anota Aí" na Região Sul e Sudeste e todos nós ficamos com gostinho de "quero mais", aquela vontade de ver o Nordeste e Norte, o Centro-Oeste também de repente fica para a próxima temporada. A riqueza, a pluralidade dessa dessa região do Brasil e a quantidade de paisagem, de praia deliciosa, de águas calmas e gostosas, de comida boa, de povo acolhedor… É aquilo tudo que a gente já sabe! E só depois de tanto tempo essa região, que vive muito de turismo, está pronta pra chamar de volta os visitantes. Você vê a vontade que as pessoas têm de receber de novo esses turistas com segurança!

3. As cidades estão preparadas para receber turistas no atual momento?
TITI MÜLLER - As cidades em si eu não sei se estão preparadas, isso é uma questão um pouco difícil de responder. O que eu sei dizer é que os lugares específicos que a gente escolheu mostrar estão sim preparados. Em todos os lugares a gente foi na cozinha também para ver como estava sendo esse processo de feitura das comidas e esse acabou sendo um episódio mais delicado porque foi o único lugar que a gente tinha área interna para gravar algumas pautas. Nem tudo a gente conseguiu gravar só em área externa, então a gente tomou bastante cuidado com isso. Mas eu acho que, de uma maneira geral, o Brasil está vivendo boa parte com se não existisse pandemia. E aí o recado que a gente quer frisar é que as dicas que a gente tá dando não são dicas pra você correr e visitar imediatamente. Vá quando for seguro! Cada um tem um medidor, uma régua diferente em relação a isso, até porque cada um viveu a pandemia de uma maneira. Mas são lugares que vão continuar lá, até porque a maioria deles são de natureza, parques, praias e cachoeiras. Então esses são bons lugares para anotar para ir se tudo correr bem, quando todos estiverem vacinados, para que a gente possa fazer esses programas sem máscara e sem o distanciamento e com mínimo de sensação de normalidade de novo.

4. Quantos dias você acha suficientes para quem nunca esteve nessas cidades conseguir conhecer o melhor que cada uma delas tem a oferecer?
TITI MÜLLER - São dicas de bate e volta, então você pode facilmente passar um dia na cidade e voltar ou passar o tempo que quiser também. Se a pessoa quiser se hospedar num lugar na cidade e explorar os arredores, a gente mostrou muitos lugares que têm muita coisa legal pra fazer em volta também. Então fica a critério do telespectador definir quantos dias são suficientes. Tem muitos lugares que eu inclusive moraria, como Joanópolis, por exemplo... Passaria o resto da minha vida lá!

5. Dos destinos visitados, quais você acha mais interessantes e por quê?
TITI MÜLLER - Olha, todos os destinos eu achei muito interessantes, mas eu gostaria de destacar especificamente Joanópolis, que é a minha cidade do coração e foi a cidade que eu escolhi como a minha escapadinha - porque todas as escapadinhas que eu dei nessa pandemia foram para lá. Eu tenho grandes amigos que moram lá e inclusive meu projeto de vida é lá, porque a gente comprou um terreno entre vários amigos para que a gente construa uma comunidade pós hippie sustentável, vivendo de hortas comunitárias e de energia solar, esse é o grande sonho que a gente compartilha. Durante toda a temporada, a gente bateu muito na tecla da questão ambiental, do desmatamento, da questão indígena e várias outras pautas que percorrem o programa e são costuradas durante os episódios.

6. Quais dicas você daria para quem quer visitar essas cidades nesse período?
TITI MÜLLER - Evite aglomerações, use álcool gel, máscara, respeite o distanciamento. Não ache que a pandemia acabou (porque não acabou) e não escute o presidente.

7. Qual a diferença entre essa e as outras temporadas de Anota Aí?
TITI MÜLLER - Toda diferença, né? Começando pelo uso da máscara, que eu só tirei para comer mesmo. Além da máscara o tempo todo, essa nova está com um tom muito diferente das temporadas passadas, que eram debochadas, hedonistas, de fanfarra. Teve o deboche, mas a gente debochou da cara de quem realmente tem que ser debochado, que são os negacionistas, as pessoas que estão dificultando a nossa vida à volta a normalidade. Inclusive a gente perdeu o nosso grande colega para esse vírus maldito e muita gente continua perdendo todos os dias, então é uma temporada enlutada, uma temporada que tem um respeito pelo momento que a gente tá vivendo e que não esquece, em momento nenhum, que não está tudo bem e não está tudo normal. Muitas pessoas estão vivendo situações inimagináveis de guerra com parentes no hospital, muitas pessoas tendo que morrer sem se despedir da sua família! Então com certeza é uma temporada mais pesada do que as outras e eu acho que seria ridículo e irresponsável da nossa parte fazer uma temporada que a única diferença seja a máscara no meu rosto e o álcool gel na minha mão.

8. Quais foram as medidas tomadas para garantir a saúde e segurança da equipe/convidados?
TITI MÜLLER - A gente tomou todos os cuidados e fez tudo que foi possível. Toda a equipe realizou testes regularmente, assim como as pessoas que apareciam em frente à câmera. Todos usaram, o tempo todo, a máscara PFF2. Eu usei máscara de dupla camada sempre, e a gente foi acompanhado por enfermeiro especialista em biossegurança, que confirmou que eu estando com a máscara de dupla camada e, com as pessoas ao redor de mim com PFF2, era seguro, sobretudo em ambientes externos que foi onde gravamos a maior parte do programa. A gente conseguiu com que a nossa equipe ficasse super reduzida, são só quatro pessoas, além do enfermeiro, e a gente não adoeceu graças às Deusas. Pudemos voltar em segurança para não transmitir o vírus para ninguém.

9. Qual destino não pode ficar de fora da lista de quem quer visitar cada um desses lugares?
TITI MÜLLER - Ai gente, não me faça perguntas difíceis (risos)! A dica é: assiste ao programa e confere, isso é muito particular de cada um, né? Tem muita praia, tem cachoeira, tem trilha, tem aventura, tem gastronomia, tem tudo! Então depende do gosto do freguês (risos). Eu estava sentindo muita falta de botar o pé na areia e tomar um banho de mar. A gente conseguiu tomar um único banho de mar, mesmo mostrando tanta praia, porque realmente não dava tempo e aí a gente conseguiu dar um "tibum" rapidinho na Ilha da Sogra. E eu acho que esse é um lugar bem especial, que marcou bastante, talvez por ter sido nosso único banho de mar. Mas é um lugar que fica bem afastado, bem distante. A Ilha da Sogra é totalmente isolada, não tem nada! Para quem quer se isolar mesmo, procure a Ilha da Sogra, que é um lugar interessante, tem uma história engraçadinha por trás do nome também, valeu a pena conferir.

10. Se você fosse escolher um item que não pode faltar na nécessaire, qual seria?
TITI MÜLLER - Uma troca de máscara e um álcool gel com certeza!

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo